10 filmes sobre viagem para te inspirar – Veja os trailers

Nem sempre uma viagem tem que ser literalmente uma viagem.  Nos dias tediosos, ou naquela sexta feira preguiçosa, dá pra começar a viajar do sofá da sua casa mesmo.  Como?! Assistindo bons filmes sobre viagem.

Dá pra sonhar, se emocionar e despertar em nós a vontade de conhecer novos destinos, tudo isso no conforto do seu lar. Pensando nisso fizemos uma listinha com algumas sugestões de filmes sobre viagem para te inspirar.

1. Into the Wild (Na natureza selvagem)

Um dos filmes sobre viagem favoritos dos mochileiros. Conta a história real de Cristopher McCandless. Um jovem que decide abrir mão de todo o dinheiro e conforto que sempre teve depois de se formar na universidade.  Ele se desfaz do seu carro, doa todo seu dinheiro e se aventura pelos EUA na tentativa de se afastar de toda a hipocrisia de uma sociedade consumista e de aparências.  Assim ele parte em busca dos verdadeiros valores da vida.

Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca. Spoiller alert: só então ele percebe que a felicidade só é real quando compartilhada.

Os lugares por onde Cris passa são encantadores e sua jornada e descobertas inspiram. Mas na real achei ele um pouco exagerado e no fim, digamos, um pouco retardado. Mas não posso falar o motivo sem soltar muitos spoilers. Portanto assistam e tirem suas conclusões!

2. Antes de partir

Dois homens com vidas bem distintas possuem apenas dois pontos em comum: dividem o mesmo quarto de hospital e possuem pouco tempo de vida. Carter (vivido por Morgan Freeman) ao receber a notícia, faz uma lista com as coisas que gostaria de fazer antes de morrer. Edward (Jack Nicholson) ao encontrar a lista do lixo, propõe que os dois a realizem. E assim saem os dois mundo afora para aproveitar seus últimos meses de vida, conhecendo lugares novos e vivenciando todo tipo de experiência.

Edward é um velho rico, excêntrico e solitário. Enquanto Carter é um velho casado, mais humilde e bem mais tímido. Ou seja, um é totalmente o oposto do outro. Sabe aquele filme emocionante e divertido que nos faz pensar sobre o quão importante é a vida ?! Então, é esse tipo de filme. E sem contar o fato de duas lendas do cinema atuando juntas.  Um dos meus favoritos, difícil conter a emoção até no trailer 🙂

3. Comer, rezar e amar

Ela achava que tinha tudo na vida: um marido, casa e uma carreira de sucesso. Como nem tudo são flores, recém divorciada, confusa, com problemas nos seus relacionamentos a bonita resolve sair da sua zona de conforto e mudar de vida.

Na Itália ela encontra o prazer da gastronomia. Na Índia explora a sua espiritualidade e aprende o poder da oração. Em Bali, finalmente encontra a paz interior (a qual eu também gostaria de encontrar por lá) e quando menos espera, o equilíbrio de um verdadeiro amor.

Um filme sobre viagem para se encantar com três destinos de uma tacada só!!

4. Up! Altas aventuras

Pra mim, o melhor filme de animação de todos os tempos. Carl era um menino diferente com um espírito aventureiro quando criança. Em uma de suas brincadeiras conhece Ellie, com quem se casa e compartilha o sonho de viajar para ” O paraíso das cachoeiras” e juntos criam o “livro de aventuras”.

No entanto o tempo vai passando, dificuldades financeiras vão surgindo, o sonho sempre é adiado e o tal livro ainda continua vazio. Quando ele finalmente compra as passagens sua esposa morre, mas antes pede que ele não desista dos sonhos e preencha o livro. (só de falar eu choro)

Com o passar dos anos Carl se torna um velhinho ranzinza que vê a cidade crescer em torno de sua casa, a qual se recusa a vender. Até que um belo dia se envolve numa briga com um tralhador da construção civil e é obrigado pelo tribunal e ir morar num asilo. Inconformado, o velhinho decide cumprir a promessa que fez para a esposa e encarna o padre do balão. Constrói um dirigível com balões, que é a sua própria casa e sai em busca do “paraíso das cachoeiras”. O que ele não contava é que, sem querer, tinha um companheiro de viagem.

De todos os filmes sobre viagem, talvez este seja o meu favorito. Uma das histórias mais simples e mais bonitas! Além de ser divertido, o filme nos ensina uma importante lição sobre adiar nossos sonhos sempre que algo novo surge enquanto a vida passa sem a gente perceber. Ownnn 🙂

5. A praia

Leonardo Dicaprio é um jovem mochileiro que encontra um mapa de uma ilha secreta. Na companhia de um casal de franceses ele sai em busca dessa paraíso. Eu particularmente não sou uma grande fã do filme em si, mas o cenário de Maya Bay é encantador. Vale lembrar que esse filme consagrou a Tailândia como um destino turístico. Só por isso talvez já valha a pena ser assistido. Principalmente se você assim como eu sonha em um dia conhecer a Tailândia.

Mas se a intenção é viajar para a Tailândia sugiro que também veja os filmes “O diário de Bridget Jones 2” e “A viagem“. O primeiro é uma comédia super divertida, o outro é um drama de arrancar os cabelos. Mas o que eles tem em comum é o alerta de que portar drogas na Tailândia é um pecado mortal. Pra falar a verdade, depois de ver esses dois últimos filmes eu até fiquei com medo de viajar pra lá. Não que eu use drogas, mas se for do jeito que pintam no filme um mal entendido pode render uma vida inteira na cadeia. Inclusive o segundo filme é inspirado em fatos reais.

Talvez eu não devesse estar mencionando esses dois filmes já que o objetivo aqui é inspirar e não assustar!

6. Everest

Esse filme me ganhou pela fotografia, que é incrível. Fiquei com vontade de chegar pelo menos na base do monte depois de assisti-lo. Não sou alpinista e nem pretendo virar uma, por isso já acho a base mais do que suficiente.

Baseado na tragédia que ocorreu no Everest, em 1996, quando dois grupos de alpinistas faziam a escalada. A parte que me tocou nesse filme foi a pergunta que um jornalista faz aos alpinistas “Por que escalar o monte Everest”? Fiquei me perguntando justamente isso durante o filme inteiro.

Eu não sou uma pessoa nada radical e apesar de ter vontade de chegar na base do Everest, não entendia por que tanta gente arrisca a vida para subir uma montanha. E aí a gente entende que cada um tem no seu interior a sua motivação. O que pode ser um sonho pra mim, pode não fazer sentido nenhum pra você, e é preciso respeitar o desejo de cada um.

Outro fato que achei super interessante no filme, foi a crítica à massificação de pessoas na montanha. Ele mostra a rivalidade entre as empresas de turismo e o interesse financeiro acima da segurança. A única coisa que não entendi bem foi o papel do Jake Gyllenhaal porque eu achei que ele seria “O cara” do filme. Spoiller alert: ele não foi!

7. Conta comigo

Um clássico da sessão da tarde com uma trilha sonora nostálgica. O filme conta história de quatro amigos que, na expectativa de se tornarem heróis aos olhos da pequena cidade onde vivem, saem em busca do corpo de um adolescente desaparecido.

O filme passa uma linda mensagem sobre o valor da amizade  e das experiências que adquirimos com o crescimento. E, apesar de não ser um filme sobre viagem no sentido literal, trata de uma viagem importantíssima, a qual todos nós fazemos: a da autodescoberta.

8. O caminho

Tom é um médico americano que viaja para a França em busca do corpo de Daniel, seu filho, que morreu ao iniciar o trajeto conhecido como o ” Caminho de Santiago”.  Tomado pela tristeza , Tom decide abandonar, por hora, sua vida nos EUA e fazer o tal caminho. Aos seus olhos como uma forma de homenagem (ele vai deixando pelo caminho as cinzas do filho) e também tentando entender as escolhas de vida de seu filho.

Durante a peregrinação ele conhece várias pessoas, com problemas diferentes e que buscam um significado maior para a vida. Através do “caminho” Tom consegue compreender o ponto de vista do filho e que existe diferença entre a vida que vivemos e a vida que escolhemos. Eu ameiiii! Primeiro porque eu amo o Martin Sheen, segundo porque os cenários de cidades pitorescas no interior da Espanha me deixaram louca de vontade de viajar também. Terminei de ver esse filme já querendo montar um roteiro para fazer o Caminho de Santigo. Acho que bons filmes sobre viagem tem esse poder de nos inspirar.

9. Sete anos no Tibet

Brad Pitt vive um alpinista austríaco faz uma jornada ao Himalaia para liderar uma expedição em 1939. Mas quando começa a Segunda Guerra Mundial, ele se torna um prisioneiro de guerra e a experiência muda a sua vida. E o mais incrível?! A história é baseada em fatos reais.

10. O fabuloso destino de Amélie Poulin

Amélie (Audrey Tautou), uma inocente e sonhadora francesa, deixa a família no subúrbio e muda-se para o bairro parisiense de Montmartre. Lá ela começa a trabalhar como garçonete num café. Um belo dia ela acha uma caixinha escondida no banheiro de sua casa e, imaginando pertencer ao antigo morador, decide procurá-lo.

Ao perceber a alegria do sujeito ao reaver o seu objeto, a bonita fica impressionada com o poder das pequenas coisas e incorpora a boa samaritana no dia a dia. Assim, ela  preenche o seu tempo ajudando as pessoas que a rodeiam com pequenos gestos, e enxerga nisto um novo sentido para sua existência.

E nessa viagem toda, ela nos mostra Paris em detalhes até que no meios de todas essas gentilezas ela esbarra no amor da sua vida. Um filme leve, fofo e que nos mostra todo o encanto da cidade de Paris.

Esses foram os filmes sobre viagem que eu lembrei agora, mas é claro que existem muitos outros. E você, qual é a sua lista de filmes inspiradores?!

 

Você também pode curtir esses outros posts:

The following two tabs change content below.
Mentaliza alguém apaixonada por viagens. Desde criança sonhava em ser aventureira e foi com essa vontade de desbravar o mundo que nasceu o Viaje na Web. Escreve para compartilhar experiências e inspirar mais pessoas a se jogar nesse mundão. Acredita que tudo é possível quando acreditamos na força dos nossos sonhos.

Latest posts by Bruna Bragatto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *