Neste natal seja um Papai Noel

Nessa época do ano as campanhas de Natal exploram sem dó nem piedade a figura do Papai Noel. A mensagem principal é compre, compre, compre e compre mais ainda! Não vou mentir e bancar a Madre Tereza de Calcutá. Eu adoro comprar!!

Como ser um Papai Noel Mas ver aquele velhinho fofo sendo explorado de todas as formas por vezes me deixa desanimada. Me lembro do meu avô e seus cabelos brancos, da minha avó sempre tão amorosa. Hoje eles já não estão mais aqui e minha mente volta aos tempos de infância.

Em todos os natais eu ganhava muitos presentes e minha avó e minha mãe sempre guardavam o melhor pedaço do peito do peru pra mim. Elas faziam minha comida separado porque eu não comia pedacinhos de tomate, nem salada, nem legumes, nem uva passas e o meu suco tinha que ser coado. Eu fui uma criança enjoada de sorte! Tive uma infância feliz, nada me faltou.

Mas quantas crianças no mundo, no Brasil ou na minha própria cidade não tiveram essa mesma sorte?! Meu coração dói só de pensar. O que eu a e maioria das pessoas fazem então?! Não pensam muito sobre isso porque senão a consciência pesa. Pesa porque é injusto que tenhamos tanta sorte e outros tenham as tanta dificuldade para ter o que comer na ceia de natal.

Todos os anos os correios lança essa campanha de Natal que eu acho fantástica. Você pode até não ter participado, mas com certeza já deve ter ouvido falar sobre as cartinhas de natal dos correios.

Várias crianças escrevem uma cartinha pro Papai Noel contando o que queriam ganhar de natal. Os correios pegam essas cartinhas e organizam um banco onde qualquer pessoa pode ir lá escolher uma e atender o pedido de natal. Depois é só entregar nos correios que eles entregam os presentes para o endereço cadastrado.

Sempre quis participar dessa ação mas por descuido mesmo sempre ia deixando pra lá e perdia o prazo. Este ano pela primeira vez eu adotei uma e resolvi compartilhar aqui sobre a experiência.

Eu estava passando em frente aos correios, bateu uma luz e fui parar lá dentro atrás de uma cartinha. A primeira que eu li foi um baque. Meus olhos se encheram de lágrimas quando li:

“Querido Papai Noel, escrevo esta carta porque neste natal gostaria de ganhar materiais escolares bem bonitos porque sou um bom aluno e gosto de estudar”.

campanha-de-natal-dos-correios-3
Não sei se o menino que escreveu a cartinha que eu adotei vai gostar do que eu escolhi. Mas comprei tudo na melhor das intenções. Tem um apontador com o globo terrestre que to pensando aqui porque não comprei um pra mim também.. rs

Poxa vida, ver uma criança pedindo material escolar me deixou de coração partido. Imaginei encontrar pedidos de carrinhos, bonecas, brinquedos,bicicleta, sei lá. Material escolar não era bem o que eu imaginava. A realidade cruel que outras pessoas vivem sem o básico bateu e me obrigou a refletir sobre isso.

Há muitos anos na época do Natal minha consciência pesa pelas milhares de coisas que eu podia fazer pra ajudar o próximo e nunca fiz. Seja uma esmola que eu deixei te dar, um interfone que eu não atendi com medo de ser alguém pedindo alguma coisa que eu não tinha ou oferecendo um serviço que eu não precisava.

campanha-de-natal-dos-correios
Bruna e eu no Natal de 2013. Sim eu tava gordinha!!

Não vou dizer que adotar uma cartinha dos correios vai ser a solução da vida de alguém. Mas se vai levar um sorriso e esperança de dias melhores, se vai liberar energia positiva, se vai levar um sorriso já vale a pena.

Minha consciência ainda pesa mas me sinto bem melhor ao pensar que, por uma atitude minha, uma criança em algum lugar vai ter o seu presentinho de natal. Quero participar todo ano agora!!

Talvez ajudar o próximo não seja algo altruísta afinal, porque no fundo o que buscamos é nos sentir bem com nós mesmos. E a sensação de ajudar outra pessoa nada mais é do que alimentar nossa alma com boas energias.

Campanha de Natal dos Correios – Seja um Papai Noel

Neste Natal, não seja um mal agradecido. Seja um Papai Noel dos correios!

No blog dos correios tem as informações detalhadas sobre a campanha. O prazo para entregar os presentes segundo me disseram é até 15 de dezembro.

As cartinhas ficam numa caixa de fácil acesso dentro das agências. Sempre tem alguém por perto para dar informação

Ser Papai Noel pra alguém é muito mais do que comprar presentes. É levar sorrisos através dos presentes  e desejar coisas boas. Ajudar o próximo nem sempre significa fazer coisas grandiosas. Com pequenos gestos somos capazes de fazer a diferença na vida de outra pessoa. Se você já pensou em ajudar alguém mais nunca foi em frente com essa ideia, comece neste natal.

[ABTM id=3482]

Você também pode curtir esses outros posts:

The following two tabs change content below.
Mentaliza uma manteiga derretida que tem um pânico irracional por taruiras. Ama viajar, comprar sapatos e escrever. Um belo dia resolveu criar um blog pra compartilhar seu ponto de vista e escrever sobre os lugares mais incríveis que já conheceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *