Ilha do Mel no Paraná – onde ficar, como chegar, dicas de pousadas e hotéis

Passeio a ilha do mel - paraná - curitiva

Normalmente ofuscado pelo litoral de Santa Catarina, o litoral do Paraná não é muito procurado por turistas. A única exceção é a Ilha do Mel. Queridinha do estado, a ilha é um destino procurado principalmente para quem viaja para Curitiba.

Ilha do mel, onde fica?

Localizada na Baía de Paranaguá, a Ilha do Mel fica a 4 km de Pontal do Sul e a 15 milhas do Porto de Paranaguá. A ilha faz parte do Município de Paranaguá, mas sua administração cabe ao Instituto Ambiental do Paraná.

Se você gosta de natureza, trilhas e aquele barulho típico de mato põe a Ilha do Mel no seu roteiro de Curitiba, que é garantia certa de sucesso.  Como área de Floresta Atlântica protegida, a maior parte de sua área é destinada a preservação. E sendo assim, claro que a principal atração da ilha, definitivamente é a natureza!

Com 35 km de perímetro de muita área verde à ilha tem praias lindas que vão te encantar e garantir dias de muita paz e sossego.

Como chegar na Ilha do Mel no Paraná

A primeira coisa que você precisa saber antes de planejar como chegar na Ilha do Mel é que a circulação de veículos automotores é proibida na ilha.

Além disso, o acesso a ilha é limitado a 5 mil pessoas por dia, as ruas são trilhas de areia e não há iluminação pública. Até aqui já deu pra perceber que você não vai conseguir chegar na Ilha do Mel com o seu fusquinha né?! Lembre-se ainda que por causa da falta de iluminação pública não é uma boa ideia pegar o último barco se essa for sua primeira viagem.

Em que pese ser uma ilha e grande reserva natural onde não circulam carros, o acesso a Ilha do Mel é mais fácil em comparação ao de outras ilhas paradisíacas da região, como a Ilha da Peças e a Ilha de Superagui. A travessia é feita por balsas que saem de Pontal do Sul (30 min) ou de Paranaguá (1h45 min).

Ilha do Mel no Paraná - Como chegar

Como chegar a Ilha do Mel saindo de Curitiba

A melhor opção e o jeito mais rápido pra chegar na Ilha do Mel saindo de Curitiba é ir até o Terminal de Embarque de Pontal do Sul, de ônibus ou de carro (cerca de 120 km via BR-277). Se for de carro, lembre-se que terá que procurar um estacionamento pra deixá-lo, mas isso não chega a ser um problema porque tem vários estacionamentos perto do terminal de onde saem as balsas e os preços são justos.

O tempo da viagem de ônibus de Curitiba até o terminal de Pontal do Sul é de aproximadamente 2 h 15 min e o valor da passagem R$34,51. Caso prefira ir de carro, a taxa de pedágio da rodovia BR 277 é R$ 19,40, e o valor da diária nos estacionamentos próximos ao terminal de embarque varia de R$15 a R$25. Recomendo estacionar no último estacionamento do lado direito, exatamente ao lado do terminal de embarque.

Como chegar na Ilha do Mel passando por Morretes

Outro meio de acesso é através da Estrada da Graciosa, aberta em 1873. A estrada é um marco da época colonial, com suas margens cobertas por diversos tipos de flores silvestres. No caminho tem várias paradinhas estratégicas pra tirar foto, e várias barraquinhas de pastéis que são uma delícia.

A parte mais bonita da estrada é um trecho sinuoso de 8 km de paralelepípedos. Ao longo do trajeto existem rios e quedas de água. Ao fim da estrada, você encontra Morretes, uma cidadezinha de interior muito fofa cheia de lojinha de artesanato e restaurantes. A cidade é super famosa pelo Barreado (prato típico do local) e tem também as balas de banana de Antonina, por isso seria bom programar a viagem para almoçar em Morretes.

Se estiver com tempo disponível, vale a pena perder parte do dia fazendo essas paradas estratégicas e depois seguir para  Paranaguá para embarcar para a ilha do mel.

Por fim, existe a opção mais demorada, porém bem interessante, que é o passeio de trem para Morretes, descendo a Serra do Mar. E a partir de Morretes é só pegar um ônibus até Paranaguá para pegar o barco até a Ilha do Mel. No site da Viação Graciosa, você pode conferir os horários e o preço da passagem. Mas já adianto que é bem baratinho, só te aconselho a programar direitinho os horários para não correr o risco de perder o último barco para a Ilha do Mel.

Como chegar na ilha do mel – Tour saindo de Curitiba com transporte e guia incluídos

Se você não é do tipo que gosta de se virar sozinho e prefere comprar logo um passeio para não precisar se preocupar com nada. Especialmente pra você que não quer saber como chegar na Ilha do Mel, vou deixar a dica de passeios  que saem de Curitiba e de uma empresa onde você pode comprar o tour online.

A Tour On é ótima pra comprar passeios turísticos no Brasil.  Os preços são justos pelo serviço que oferecem e  pra mim a maior vantagem é a facilidade do poder comprar tudo online e já viajar com tudo resolvido.

Listinha amiga de passeios para a Ilha do Mel saindo de Curitiba:

Em todos os passeios indicados está incluso o transporte de volta até Curitiba. Então se o plano for passar um ou dois dias na ilha, o ideal é voltar de ônibus depois por conta própria saindo de Paranaguá ou Pontal do Sul. Os horários dos ônibus e as passagens podem ser comprados pelo site da Viação Graciosa.

Ilha do Mel no Paraná - Passeio em Curitiba

Como pegar a balsa para a ilha do mel no Paraná

As barcas saem de Pontal do Sul entre as 8 h e 18 h a cada 30 minutos nos finais de semana e a cada hora durante a semana. O valor da passagem é R$ 35,00 ida e volta, incluída a taxa de embarque e da prefeitura.

Saindo de Paranaguá, existem três horários de barca: as 9 h 30 min, 13 h e 16 h 30 min. O Valor da passagem é R$ 53,00 ida e volta, incluída a taxa de embarque e da prefeitura.

Além dessas opções, é possível contratar um táxi-náutico nos locais de embarque. Os pontos de desembarque na Ilha do Mel são Encantadas e Nova Brasília.

Onde ficar: dicas de hotéis e pousadas na Ilha do Mel 

A ilha possui duas vilas: Encantadas e Nova Brasília, que também são os pontos de desembarque.

Minha escolha normalmente é Nova Brasilia, por ser a parte mais agitada da ilha. Mas pra quem prefere um pouco mais de sossego, um ambiente mais familiar, Encantadas faz mais sentido. De qualquer forma, ambas as vilas tem seus cantos mais desertos e o centrinho mais movimentado.

Se você está disposto a realmente curtir a natureza, e gosta de acampar, aproveite para levar sua barraca e economizar ficando em um dos muitos campings da ilha. Agora se dormir no chão não faz seu estilo e conforto e privacidade são itens indispensáveis no seu vocabulário de viagem. Fique tranquilo que existem inúmeras opções de pousadas na Ilha do Mel para todos os gostos de bolsos. Apenas tenha em mente que o ambiente é rústico!

Em Nova Brasília, as pousadas mais famosas são a Grajagan e Astral da Ilha, mas as diárias são bem salgadas, em média 500 reais para um casal na temporada. Mesmo se você não estiver disposto a gastar tanto para se hospedar nessas pousadas, guarde esses nomes pois é o point e lugar de muitas festas na ilha.

Um ótimo custo-benefício de hospedagem na Ilha do Mel é a Pousada Plancton. Fica bem localizada, próxima a muitos restaurantes e também das praias. Para casal essa pousada tem a Suite Reserva, que fica de frente para a mata e tem uma mini cozinha.

Também em Nova Brasília, outra sugestão de pousada com bom custo-benefício é a Pousadinha (que inclusive tem um restaurante excelente com preço justo). Melhor ainda é que ela fica próxima ao Trapiche, então você não precisará andar muito com as malas ao chegar e ir embora da ilha.

Já na vila de Encantadas, indicamos a Pousada Chalés do Laurindo.

O que levar na mala para o fim de semana

O ideal é levar pouca bagagem, já que o principal meio de transporte dentro da ilha serão seus próprios pés! Portanto, o recomendado é levar apenas uma mochila ou mala pequena. Caso planeje passar mais dias na ilha e necessite levar uma mala maior, não se preocupe. Existem carrinheiros que você pode contratar no trapiche para levar sua bagagem até a pousada ou hotel que você vai ficar.

Mas de uma forma geral a Ilha do Mel é um lugar para esquecer o salto alto, recomendamos levar apenas suas havaianas, um tênis pra fazer trilha de maneira mais confortável, ou até mesmo liberar as energias com o pé no chão!

Outro itens que vão tornar sua vida mais fácil na ilha são: lanterna, repelente, roupa de banho, protetor solar e, claro, a máquina fotográfica! Também é válido levar capa de chuva e um casaco. O tempo na região de Curitiba e no Paraná costuma ser uma caixinha de surpresas. Nunca se sabe!

Ilha do mel pousadas - Encantadas e Nova Brasília

Dicas importantes para visitar a Ilha do Mel no Paraná

    • Na ilha não existem farmácias e nem caixas eletrônicos.
    • A maioria dos estabelecimentos aceita cartão de crédito mas é sempre bom levar dinheiro, nunca se sabe!
    • Programe com bastante atenção os horários das balsas pra não ficar a ver navios.
    • Como a ilha tem limitação de visitantes diários, programe seu passeio com antecedência principalmente na alta temporada, feriados e períodos comemorativos tais como Réveillon na Ilha do Mel e outros eventos previamente agendados.

O que fazer na Ilha do Mel: conheça os pontos mais famosos da ilha

Em Nova Brasília, a uma hora de caminhada do trapiche, fica a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres. Construída no século XVIII estrategicamente para proteger o porto de Paranaguá, a fortaleza tem um mirante que oferece uma vista incrível da região. Para quem não quer caminhar tanto, dá pra pegar um táxi-náutico e ir lindamente até a fortaleza sem queimar muitas calorias no processo.

Outro lugar lindo na ilha é o Farol das Conchas, acessado através de uma escadaria de pedra.

E claro, já que estaremos num ilha paradisíaca no estado do Paraná, outra coisa que obviamente não pode faltar no roteiro é conhecer as praias da Ilha do Mel. Anote aí então! As praias de Nova Brasília são: Praia de Fora, Praia Grande (muito frequentada por surfistas), Praia do Farol e Praia da Fortaleza.

Já em Encantadas, temos a Praia do Miguel, a Praia de Encantadas e a Gruta de Encantadas. Dá pra ir andando de Nova Brasilia para Encantadas e vice-versa, passando por um trecho de pedras. Mas isso só é possível na maré baixa. Se a maré estiver alta, a solução é pegar um táxi-náutico.

Festival de Jazz na Ilha do Mel

Esse ano aconteceu a quinta edição do festival de jazz da Ilha do Mel, com programação durante todo o mês de agosto. A programação incluiu shows, gastronomia, yoga, praia e uma porção de atividades nos finais de semana. Gratuitas em sua maioria.

É um período bem legal para visitar a ilha. Fica lotada nessa época mas com uma vibe muito boa. Para saber a data e programação do festival fique de olho no site de turismo da prefeitura de Paranaguá.

Réveillon 2019 na Ilha do Mel 

Se você procura um lugar tranquilo para passar a virada do ano de 2019, a Ilha do Mel é uma ótima opção! Como tem essa bendita limitação de visitantes por dia, o máximo de muvuca que poderíamos encontrar por lá é a bagatela de 5 mil pessoas. Comparado a lugares como Copacabana no Rio de Janeiro, por exemplo, o que são cinco mil pessoas?

As pousadas na Ilha do Mel fazem pacotes especiais para o ano novo e vários restaurantes oferecem jantares na noite de Réveillon. É inclusive uma dica muito boa de lugar romântico para passar o réveillon no Brasil.

Acho que não seria nada mal passar o réveillon 2019 na Ilha do Mel, curtindo paz no meio de todas aquelas praias e natureza não acham?!

Ficou ainda alguma dúvida sobre onde ficar, como chegar e o que fazer durante a sua viagem?  Se tem boas dicas de pousadas na ilha do mel, ou qualquer outra dica a partir da sua experiência? Então conte pra gente nos comentários e ajude outros viajantes que também pretendem conhecer o litoral do Paraná e Curitiba.

Guest post escrito pela Aninha do instagram @sistersruntheworld.

Viaje na Web no Pinterest: pins sobre a Ilha do Mel Paraná


Você curte nossas dicas? Então já segue o @viajenaweb no Instagram pra acompanhar  todas as viagens em tempo real!Organize sua viagem pelo Viaje na Web

Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Não custa nada pra você! Além de adquirir produtos e serviços que serão necessários para sua viagem você contribui para que o Viaje na Web continue publicando dicas e compartilhando experiências. Todos os parceiros do site são minuciosamente escolhidos, só fazemos parcerias e indicamos empresas e produtos que acreditamos.

The following two tabs change content below.
Funcionária pública do TJ, divido meu tempo livre entre meu dog, um canceriano lindo, viagens e corridas. Como as bonitas do Viaje na Web também compartilho dicas sinceras para viagens incríveis no meu perfil do Instagram! 👭🌎✈️

Latest posts by Ana Paula Murta (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *