Toshogu Shrine em Nikko – O templo mais bonito que conheci no Japão

Não sei você, mas a primeira coisa que fiz depois que comprei minha passagem foi pesquisar sobre templos para conhecer no Japão. Logo de cara, já descobri que não seria tão simples escolher quais eu incluiria no meu roteiro de viagem. O Japão tem quase mais templos que crianças. E no meio daquela confusão de abas do google chrome, meus olhos brilharam quando a tela abriu uma foto do Toshogu Shrine em Nikko.

Foi assim que descobri a cidade de Nikko, e sem entrar no mérito do que tem pra fazer lá, onde ficar e onde comer, porque isso será assunto de outro post, quero contar como foi minha visita ao Toshogu Shrine em Nikko. Porque pra começo de conversa, ele foi o motivo que me levou a cidade. Antes de cair de paraquedas numa página da internet com a foto do Toshogu eu nunca tinha ouvido falar nessa pacata cidade japonesa.

Antes de viajar pra Tokyo e Nikko eu fui para Quioto e Hiroshima e já tinha visto pelo menos uma dúzia de templos. Então posso falar com propriedade que o Toshogu é bonito demais. Bonito de cair o queixo, bonito de puxar os cabelos e de ficar desnorteado sem saber pra que lado mirar a câmera fotográfica.

Pode não ser o templo mais bonito do Japão. Não sei se existe isso, mas é com certeza o templo mais bonito que conheci na minha viagem ao Japão. Se fisguei sua atenção agora, já pode salvar essa dica pra posteridade. Vou detalhar tudo sobre os templos do Santuário, a visita, quanto custa, horários e como chegar no Toshogu Shrine em Nikko.

Toshogu Shrine em Nikko - Dicas para visitar o templo no Japão
Vamos lá? Bora viajar na web comigo e saber tudo sobre esse templo maravilhoso no Japão?!

Um pouco da história do templo Toshogu Shrine em Nikko

Eu não sou muito fã de história, e se não sei nem a história do Brasil direito imagina do Japão?! Por isso, antes de deixar meu resumo básico sobre esse lugar preciso confessar pra vocês que essa foi a viagem onde eu estava mais perdida.

Quem acompanha o blog, sabe que a Bruna não estava comigo na viagem pro Japão e que normalmente é ela que se encarrega de saber dessas coisas. O resultado foi que vaguei por todos aqueles templos sem ter muita noção do que significavam.

Usando meu chip da Easysim4U dei um googole de leve lá na hora pra entender pelo menos um pouco de toda aquela cor e detalhes das construções e tudo que descobri foi o seguinte:

Este é o santuário japonês mais rico em detalhes. O templo xintoísta foi dedicado a Tosho-dai Gongen, que seria uma forma endeusada de Tokugawa Ieyasu. Pelo que entendi, esse governante foi importante porque unificou o Japão no século 17 e governou durante muito tempo. Acredita-se que o Toshogu Shrine em Nikko abriga os restos mortais de Tokugawa Ieyasu.

As construções datam de 1617, e ficam basicamente no meio de uma floresta. Das suas estruturas, cinco foram categorizadas como Tesouro Nacional do Japão, e o templo é uma parte dos santuários e templos de Nikko que são patrimônio mundial da UNESCO. A história deve ser tão rica que valeria a pena contratar um passeio guiado. Não me atrevo a contar mais do que isso!

Toshogu Shrine - Templos bonitos no Japão

Como chegar no santuário Toshogu

Ir dirigindo não é uma opção para brasileiros. O Japão não reconhece a nossa permissão internacional e como turista não conseguimos emitir um documento pra isso.

As estações mais próximas são a Tobu-Nikko da ferrovia Tobu, ou a Nikko da linha JR East Nikko, por sinal foi a que usei para chegar na cidade. A viagem de trem de Tóquio para Nikko pela JR é super tranquila e se não me falha a memória durou menos de duas horas.

De trem pela JR é a melhor opção!

Ao chegar na estação da JR, alguns metros pra cima tem uma pracinha cheia de pontos de ônibus e na frente uma mini rodoviária. Lá você encontra os guichês para comprar passagens de ônibus para rodar pela cidade, mapas e demais orientações pra se achar na cidade.

Se você não se sente seguro em rodar sozinho pelo interior do Japão o ideal é comprar um passeio de bate e volta saindo de Tóquio. A Get Your Guide tem duas opções, se fosse eu escolheria a mais cara porque tem só a opção de guia em inglês, a outra oferece o tour em chinês também, aí já viu né?!

Bate e volta de Tokyo até Nikko: Vale a pena?

É perfeitamente possível fazer um bate e volta saindo de Tóquio para conhecer o templo Toshogu em Nikko. Inclusive é o que a maioria das pessoas que viajam para o Japão fazem, mas não foi o que fiz. Quando vi o tanto de coisas que tem pra fazer na cidade eu já separei logo uns três dias pra Nikko.

No fim das contas esses dias foram muito mais que o necessário. O tempo fechou, fiquei com preguiça de seguir meu próprio roteiro e foi isso! Mas apesar desse detalhe, ainda acho que dormir pelo menos um dia na cidade vale a pena para conhecer outros pontos com mais calma. E também acho que vale a pena fazer só um bate e volta para conhecer o Toshogu. O negócio é conhecer o templo seja como for, da forma que der!

Melhores hotéis em Nikko, no Japão

Estação da JR - Como chegar em Nikko de trem para conhecer o Toshogu Shrine.
Chegando na estação de Nikko.

O que ver no templo de Toshogu Shrine

Chegamos por um longo caminho cercado por cedros que se estende por 37 quilômetros,  e a título de curiosidade é considerada a avenida arborizada mais longa do mundo.

Definitivamente o que mais impressiona no Toshogu é a sua decoração. Dizem que mais de 15.000 artesãos trabalharam nela. São tantos detalhes minuciosos, em ouro, prata branco e vermelho e tudo mais se possa imaginar.

Todo o santuário exibe um festival de cores brilhantes e por si só já valem o ingresso sem levar em consideração as denominações de cada prédio e o que cada um significa. Mas se você é do tipo que se apega a detalhes dê uma olhadinha na página em inglês do templo Toshogu. Lá tem o nome e explicação sobre todas as construções que fazem parte do santuário. Vou deixar por aqui uma galeria de fotos do Toshogu em Nikko . São fotos lindas dos lugares que conheci na visita aos templos e vocês tiram suas próprias conclusões sobre a beleza dele.

Ingressos e horários de funcionamento do Toshogu

Quanto custa e como comprar o ingresso para o Toshogu Shrine em Nikko? Todo mundo precisa saber isso antes de ir certo?!

Alguns prédios do complexo estavam em reforma quando visitei, mas isso foi em 2017. Então se não começaram outra reforma a que estava acontecendo provavelmente já acabou.

A taxa de admissão ao templo foi a mais cara que paguei durante minha viagem para o Japão. Mas também nenhum outro templo que visitei era tão rico. Não entrei no museu, e não visitei outros templos em Nikko porque depois do Toshogu acho que nenhum outro era tão bonito mas pra quem se animar vou deixar abaixo uma listinha básica.

Outros templos e lugares para conhecer em Nikko

Rinnoji
 08:00 às 17:00 (abr a set) / 08:00 às 16:00 (nov a mar)
 Todos os dias
 400 (templo principal) + ¥300 (treasure house e jardim)

Tamozawa Imperial Villa
 09:00 às 17:00
 Todos os dias , exceto terças e feriados nacionais
 510

Taiyuinbyo
 08:00 às 17:00 (abr a set) / 08:00 às 16:00 (nov a mar)
 Todos os dias
 550

Futarasan Shrine
 08:00 às 17:00
 Todos os dias
 200 (apenas para um pequena parte que paga)

Shinkyo Bridge
 08:00 às 17:00 (abr a set) / 08:00 às 16:00 (out e nov) / 09:00 às 16:00
 Todos os dias
 390 (para passar pela ponte)

Dicas importantes para conhecer o Templo Toshogu Shrine

Reserve no mínimo umas três horas, pra rodar pelo complexo. Acredite, dependendo do seu nível de loucura com fotos você precise até mais do que isso. Veja abaixo outras dicas importantes para programar uma visita ao Toshogu Shrine em Nikko, no Japão.

Sobre a quantidade de gente e filas

Se puder chegue para abrir os portões. Fazendo isso você terá pelo menos uma hora de paz antes da grande massa de turistas chegar. Os ônibus de turismo que saem de Tóquio chegam entre 9:30 e 10:00h. Depois dessa hora vai ser bem difícil consegui fotografar sem um japonês de fundo.

Vá com o espírito preparado para encontrar turmas escolares. No plural mesmo. No dia que visitei o Toshogu, sem brincadeira nenhuma tinha no mínimo umas cinco turmas rodando lá dentro. Quando saí do templo, pasmem, tinha outras cinco se organizando pra entrar.

Para comprar a entrada dos templos e transporte em Nikko

Se optar por dormir na cidade pra fazer outras atividades, antes de comprar a passagem de ônibus em Nikko para ir no Toshogu, estude atentamente seus planos. Se informe no guichê sobre o passe pra dois dias, pois isso vai render uma boa economia!

Por último, apesar da multidão de turistas não tive problemas para comprar a entrada do templo. Foi rápido e tranquilo, mas cheguei cedo! Tive uma certa dificuldade em achar ingressos para comprar  com antecedência pela internet. Por isso, se pretende voltar no mesmo dia, talvez valha a pena comprar o passeio de um dia para Nikko que inclui a visita ao Toshogu. Além do transporte já tem incluso as entradas.

Outros templos e igrejas maravilhosos:

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva sobre templos maravilhosos. Veja outras igrejas e templos religiosos que valem uma visita mundo afora.

Outras dicas de viagem para o Japão já publicadas no blog.

Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Não custa nada pra você! Além de adquirir produtos e serviços que serão necessários para sua viagem você contribui para que o Viaje na Web continue publicando dicas e compartilhando experiências. Todos os parceiros do site são minuciosamente escolhidos, só fazemos parcerias e indicamos empresas e produtos que acreditamos.

Inspire-se! Não pire!
Vem viajar com a gente em tempo real no instagram!
The following two tabs change content below.
Mentaliza uma manteiga derretida que tem um pânico irracional por taruiras. Ama viajar, comprar sapatos e escrever. Um belo dia resolveu criar um blog pra compartilhar seu ponto de vista e escrever sobre os lugares mais incríveis que já conheceu.

24 thoughts on “Toshogu Shrine em Nikko – O templo mais bonito que conheci no Japão

  1. Olha… o post realmente fisgou a minha atenção! Também nunca ouvi falar sobre este templo e com certeza vai ficar na minha lista de uma futura viagem que farei ao Japão! Adorei também a harmonização das construções com a natureza, o que vai em linha com a filosofia xintoísta que, mais tarde e até hoje, acabou fazendo parte da cultura japonesa, e não apenas religiosa! Arrasou no post!

  2. Tenho visto tanta gente indo para o Japão que já está me dando uma coceirinha aqui para ir também.
    Mas é uma decisão importante, afinal, não fica tão perto, quem sabe tomo coragem?
    Amei a sua escolha, belíssimo mesmo este templo, dica anotada aqui. Beijos.

  3. Acho que quando eu for ao Japão farei como você: primeira coisa vai ser pesquisar sobre os templos! – depois os jardins e parques ehehe. O templo em Nikko já está no meu radar, obrigada pelas dicas.

  4. Nossa, D +++++++ !!! Nunca tinha visto nem lido sobre templos japoneses e esse é lindo demais ! Tenho vontade de visitar o Japão e na ocasião já sei que esse estará na minha lista. Gostei da forma descontraída do texto. Beijocas

  5. A arquitetura oriental é muito diferente, mesmo! E essas cores e detalhes do templo Toshogu Shrine, em Nikko, são belíssimos! Muito boa a dica. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *