Viagem de trem no Japao com JR pass

Viagem de trem no Japão com JR Pass: Guia completo com dicas e preços

Antes de tudo você precisa saber que viagem de trem no Japão não é barato. Dito isso, já posso começar a te contar os detalhes da minha aventura de trem na terra do sol nascente. 

 

Por aqui vou contar tudo que aprendi sobre viajar de trem no Japão usando o JR Pass. Como funciona, quanto custa, onde comprar o JR Pass e se vale a pena. E como estou me sentindo muito inspirada, ainda vou deixar dicas de roteiro no Japão para viajar de trem usando o JR Pass.

Viagem de trem no Japao com JR pass

Como é uma viagem de trem no Japão

A primeira coisa que a gente percebe durante as viagens de trem é que eles levam bastante a sério as palavras organização e pontualidade. Isso quer dizer que chegar um minuto atrasado significa ver a bundinha do trem de longe. Talvez nem isso já que alguns são de alta velocidade. 

 

Outra coisa que notei é que as estações de trem no Japão estão quase sempre cheias. Na hora do rush então nem se fala! Mas apesar disso, a multidão de japoneses que lotam as estações é organizada e silenciosa. É uma coisa meio estranha de descrever, eu por exemplo, associo a palavra multidão a bagunça e barulho. Mas no Japão essa analogia nem sempre faz sentido.

 

Mesmo cheias, as estações de trem no Japão estão sempre limpas e não é difícil encontrar o ponto de partida dos trens. Os bilhetes vem com um numero que identifica o lugar de embarque. Para encontra-lo basta seguir as placas e no chão tem a numeração da porta do trem onde devemos embarcar para localizar nosso assento. E por incrível que pareça quando o trem chega ele para exatamente nessa marcação.

Os diferentes tipo de trem no Japão

Existem diferentes tipos de trem no Japão. Vou tentar explicar um pouquinho sobre eles mas no fim das contas é tudo muito parecido. Bem pelo menos, pra mim que adquiri o passe da JR essas diferenças não ficaram muito claras.  São basicamente cinco categorias, mas na prática a gente só vê a diferença entre os locais e os super expresso.  

 

Local (kakueki-kakueki ou densha futsu): Os trens locais param em cada estação, pra mim esse é o metrô da cidade.

 

Rápido (kaisoku): Os trens rápidos pulam algumas estações. Não tem diferença no preço do bilhete entre os trens locais e rápidos. Na prática é só um metrô com menos paradas.

 

Limited Express (tokkyu)

Não chega na velocidade dos trens bala, mas é mais rápido porque eles param apenas nas principais estações.

 

Expresso (kyuko): Os trens expressos param em algumas estações a menos que os trens rápidos.

 

Super Express (Shinkansen): São os trens bala do Japão. Guarda esse nome porque são eles que a gente mais usa pra fazer valer o JR pass.

 

Shinkansen ou trem bala só são operados pela empresa JR. Os trens do tipo Shinkansen percorrem trilhas separadas e podem chegar a velocidade de até 300 km por hora. Existe mais de um tipo de trem bala, o JR Pass dá direito a maioria deles mas ficam de fora os mais rápidos, como o Nozomi e o Mizuho.

Dicas importantes para viajar de trem no Japão

Existem algumas dicas básicas que podem te ajudar bastante na hora de planejar uma viagem de trem no Japão livre de perrengues e tensões desnecessárias. A seguir uma listinha completa pra salvar e compartilhar com os amigos que vão viajar com você:

 

-Seja pontual ao pé da letra para evitar encontrar somente um espaço vazio e ainda ter o trabalho de ter que voltar na bilheteria para comprar outra passagem (se você não tiver o JR pass) ou para marcar outro assento. Nas estações de trem japonesas um minuto pode sim fazer muita diferença. 

 

-Dependendo da quantidades de trechos internos programados para seu roteiro no Japão, o JR pass é muito vantajoso e mais pratico que comprar as passagens separadamente. Entenda como ele funciona e analise a viabilidade de adquiri-lo antes de comprar passagens de trem avulsas no Japão

 

-A maioria dos funcionários das estações de trem japonesas não falam inglês. Por isso não espere conseguir informações mastigadas, mas quando se sentir perdido mostre a passagem que eles irão te mostrar a direção certa e no fim tudo se ajeita. Pelo menos foi assim comigo em todas a estações que passei. 

 

-As estações são grandes, então não deixe para encontrar o lugar de embarque perto do horário ou você pode passar por momentos de tensão com risco de perder o trem sendo obrigado a contabilizar todos os minutos.

Passagens de trem no Japão: onde e como comprar bilhete de trem

As passagens para viagens de curta distância podem ser adquiridas nas máquinas de venda automática. Já os bilhetes e reservas de lugares para viagens nos trem bala podem ser adquiridos nos balcões das estações de trem. Eu por exemplo, entendo bulhufas de japonês, não arrisquei as máquinas e fui direto nos guichês todas as vezes.

 

Mas pra quem tem mais coragem, dê uma olhadinha antes no blog Virtual Flavor, lá tem mais detalhes sobre como utilizar as máquinas para comprar passagens de trem no Japão. No geral sempre tem uma opção para transformar o menu para inglês.

 

Outro site que usei muito para pesquisar os horários foi o Hyperdia na versão em inglês. O próprio site oficial da empresa JR recomenda ele, inclusive mostra o passo a passo de como usar o Hyperdia para pesquisar as rotas e horários de trem no Japão.

 

Detalhe importante, com o passe da JR pass não precisa comprar passagens avulsas. Basta agendar a data da viagem e marcar o acento no guichê da empresa JR em qualquer estação. Nesse caso, não tem jeito de usar as máquinas automáticas.

Quanto custa uma passagem de trem bala no Japão?

Já falei que não é barato fazer viagem de trem no Japão né?! Pois bem a título de exemplo, pesquisei hoje no site do Hyperdia para colocar aqui o preço atualizado. E só para vocês terem uma ideia uma passagem de ida para Kyoto saindo de Tóquio de Shinkansen custaria a bagatela de 8.210 ienes mais uma taxa de 4.860 ienes cobrada para reservar o assento.

 

Ou seja, uma simples passagem de trem rápido no trecho mais turístico possível não sai por menos de 12.000 ienes. Transformando isso em real na cotação de hoje seria algo em torno de 428 reais ou 111 dólares americanos. Não é um preço muito amigável né?! Mas se no seu roteiro não tiver incluído muitas cidades, talvez seja mais vantajoso comprar as passagens avulsas mesmo.

Como funcionam as malas dentro dos trens do Japão?

No Japão é comum espaços compactos, você percebe isso claramente nos quartos de hotéis.  Por isso, se conseguir viajar pelo país com o mínimo de bagagem possível já facilita bem a vida nas andanças pelas estações entre as multidões e na hora de guardar as malas nos vagões de trem.

 

O local exato de guardar as malas nos trens varia bastante. Geralmente, acima das cadeiras tem um espaço (iguais nos ônibus) onde é possível colocar uma mala pequena tranquilamente, além da mala de mão e o que mais você estiver carregando. 

 

Na parte de trás da última poltrona dos vagões também tem um espaço para guardar uma mala grande. Dependendo do tamanho da mala tem espaço para ficar na frente das suas pernas. Inclusive algumas vezes foi o que fizemos. Geralmente os espaços no fim do vagão lotam com certa rapidez. Por isso,  recomendo entrar o quanto antes para garantir um lugar se estiver viajando com muita bagagem.

Qual o tamanho da mala adequado para viagem de trem no Japão

Não acho que exista um controle de tamanho, peso ou quantidade de malas para viajar de trem no Japão. Não vi nenhum tipo de balança ou fiscalização como existe nos aeroportos. Cada um é responsável por carregar sua bagagem, então vale a pena usar a regra do bom senso. Leve apenas aquilo que consiga carregar.

 

Mas se por ventura rolar um descontrole, tem a dica do TAKYUBIN. Que nada mais é do que um serviço de correio japonês para as malas. Na maioria dos hotéis eles mesmo te ajudam a contratar. Com ele você pede para enviar a mala para o seu próximo destino. Fala o endereço do hotel para eles entreguem, deixa a mala e recebe um comprovante.

 

Um dia depois só aguardar que as malas aparecerão quase como mágica no seu quarto de hotel. É claro que toda essa comodidade tem um preço e não deve ser barato. Mas pra quem ta cheio de bagagem vai ser uma mão na roda.

Tudo sobre o JR pass no Japão: como funciona, onde compra, vale a pena?

Para quem pretende conhecer várias cidade no Japão o JR pass é uma super dica. Primeiro porque é muito prático. Segundo porque na maioria das vezes é mais barato viajar de trem usando o JR Pass quando no roteiro tem múltiplos destinos. 

 

O que é o JR Pass e como ele funciona no Japão

 

Nada mais é que um passe ilimitado de trem exclusivamente para turistas que pode ser comprado para 7, 14 ou 21 dias. Com o passe você tem acesso a quase todos os trens das linhas da JR. Pode fazer quantas viagens conseguir durante o tempo de vigência dele, inclusive nos Shinkansens, que são os trens balas Japoneses.

Você poderia praticamente cruzar o país inteiro dentro desses trens de forma bem confortável e rápida! Mas pra isso tem que comprar o passe antes de chegar no Japão. Ele não é vendido nos guichês da JR nem nos guichês das estações ou empresas de turismo japonesas. A cidadão e turista japonês por exemplo, não tem esse benefício.

 

Quanto custa o JR Pass: veja tabela de preços

 

Primeira classe (green class): 7 dias – 38.880 Yens, 14 dias – 62.950 Yens e 21 dias – 81.870 Yens

Classe Comum: 7 dias – 29.110 Yens, 14 dias – 46.3900 Yens e 21 dias – 59.350 Yens.

 

Calcule quanto custa o JR Pass em real usando o conversor de moedas do Banco Central para ter uma ideia de valores, no cambio de hoje o passe de 7 dias na classe comum custaria cerca de R$ 1.468,60. Mas obviamente esse preço varia de acordo com a valorização ou desvalorização do real.

 

Onde comprar o passe da JR para viajar de trem no Japão

 

Como falei antes esse passe é vendido apenas para estrangeiros e só pode ser adquirido fora do Japão, portanto é importante comprar pelo menos algumas semanas antes de viajar

Ele pode ser comprado para 7, 14 ou 21 dias consecutivos de uso para viagens na classe econômica ou na categoria green card (que seria como uma classe executiva). O passe também permite marcar assentos, funcionalidade que tem um custo extra quando se compra a passagem separadas. 

 

Para saber quais agências são credenciadas para vender o passe consulte o site da JR . No Get your Guide, empresa parceira do blog, que por sinal sempre uso para comprar passeios e ingressos também vende. Lá você consegue ver os preços atualizados de quanto custa o passe da JR no Japão de acordo com a quantidade de dias. 

 

Após realizada a compra, você receberá um voucher com seus dados pessoais que deverá ser trocado ao chegar no Japão no guichê da JR. O voucher será enviado no endereço informado no prazo de sete dias úteis aproximadamente.

 

COMPRE AQUI O SEU JR PASS

 

Vale a pena comprar o passe da JR para viajar no Japão?

Dicas para viajar usando o JR Pass:

Roteiros para viajar de trem usando o JR pass

Então é isso galera, bora viajar de trem no Japão?

 

Para comprar com antecedência:

 

Este post faz parte de uma blogagem coletiva dos Pequenos Grandes Viajantes, meu grupo de blogueiros preferido. Abaixo vocês encontram outras dicas de viagens de trem pelo mundo:

 

 

Fernanda Bragatto

Fernanda Bragatto

Mentaliza uma manteiga derretida que tem um pânico irracional por taruiras. Ama viajar, comprar sapatos e escrever. Um belo dia resolveu criar um blog pra compartilhar seu ponto de vista e escrever sobre os lugares mais incríveis que já conheceu.
gostou? Compartilhe!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
No Comments

Post A Comment

Bruna e Nanda Bragatto

Somos duas irmãs completamente diferentes que possuímos em comum o desejo de viajar e compartilhamos nosso amor pelo mundo aqui no blog com dicas de viagem e outras coisinhas mais. Saiba mais sobre a gente!