5 curiosidades sobre a Grécia que descobrimos viajando

Curiosidades sobre a Grécia

Hoje vou mencionar cinco curiosidades sobre a Grécia. Cinco coisas que descobri viajando na Grécia. Algumas eu até hoje não entendi, quem souber e quiser elucidar vou ficar muito feliz.

Todo lugar no mundo tem suas particularidades. Aquela coisa típica e que muitas vezes se mistura com a identidade do povo. Pode ser a forma de nomear um objeto, o jeito de preparar um prato ou até a maneira como as pessoas se cumprimentam na rua e dirigem o seu carro. A questão é que todo país tem seus costumes assim como cada doido tem sua doideira. E nem adianta discordar, o mais sensato é entrar na onda e seguir o fluxo.

Depois eu sempre volto pra casa rachando de rir das coisas que observo ao longo de uma viagem. Na Grécia não foi diferente. Existem cinco coisas que me chamaram a atenção. Cinco curiosidades sobre a Grécia que viraram piada interna e que vou contar para vocês.

Cinco curiosidades sobre a Grécia que você não sabia

1 – Na Grécia tem Oliveiras ao invés de Capim

Aqui no Brasil quando viajamos pra qualquer canto do país o que mais vemos nas estradas é capim. É normal porque existem muitas fazendas espalhadas pela zona rural e a pecuária predominante é aquela em que o gado fica solto e come capim. Lembram das aulas de geografia? Essa é o tipo de pecuária extensiva.

Plantações de Oliveiras - Curiosidades sobre a Grécia
Curiosidades sobre a Grécia: muitas oliveiras.

Quando viajo no Brasil encontro muito capim pelas estradas. Em algumas mais, outras menos mas o capim sempre está lá.

Pois bem caros leitores, na Grécia as Oliveiras fazem o papel do capim. Nunca vi na vida tantas Oliveiras. E olha que rodamos pelo menos uns 1.500 km pelas estradas gregas. Aonde quer que passássemos lá estavam elas aos montes. Em Atenas,  Corinto,  Nafplio, Meteora, Delfos, e também em Zakynthos.

As oliveiras na Grécia estão por todos os lados. Assim como seus derivados: azeites, sabonetes, colheres de madeira. É um mundo de plantações de oliveiras.

Plantações de Oliveira na Grécia
Curiosidades sobre a Grécia: plantações de Oliveira na estrada

2 – Comprar água na Grécia é muito barato

Gente, é muito barato comprar água na Grécia. O preço normal de uma garrafinha de 500 ml em qualquer restaurante é de 0,50 cents. E olha que normalmente em restaurante normalmente a água é mais cara. A garrafa com um litro custava 1 euro. Mas no supermercado compramos 6 garrafas de 1,5 l e uma garrafinha de 500 ml por 1,32 euros. Uma pechincha pelos padrões europeus!

A Bruna saiu do supermercado em Atenas rindo de orelha a orelha sem acreditar nos preços. Perguntamos ao caixa duas vezes qual era o preço da água até cair a ficha que todas as garrafas custavam os 1,32. Olha só esse vídeo pra provar. Honestamente acho que esta é uma das curiosidades sobre a Grécia mais animadora.

3 – Existe alguma lei ou costume popular sobre ceder passagem pelo acostamento

Essa curiosidade sobre a Grécia me deixou com a pulga atras da orelha. Até hoje eu não entendi nada e não consegui captar qual é o problema dos gregos com o acostamento.  Aparentemente existe algum entendimento tácito. Quem estiver dirigindo com menos velocidade deve ceder passagem pelo acostamento para o carro que vem atrás. Se ele estiver andando mais rápido.

Pode até ser que exista alguma lei sobre isso porque aconteceu comigo tantas vezes que cheguei a esta conclusão.

Quando estávamos dirigindo em pistas menores, que não eram vias duplas sempre vinha um carro atras de mim buzinando horrores e me xingava. Eu sem entender nada. Cheguei a pensar que o povo era louco ou que tinha alguma coisa muito errada com a minha velocidade. Até cogitei a hipótese de que as placas de velocidade na estrada sinalizavam a velocidade mínima e não a máxima. Foi então que comecei a perceber que os carros na minha frente mudavam para o acostamento para que os de trás fizessem a ultrapassagem.

Depois que comecei a fazer igual parei de ser xingada.

duvida sobre acostamento na grecia
Curiosidades sobre a Grécia: eles queriam que eu jogasse o carro para esse minúsculo espaço chamado acostamento!!

4 – É comum os marinheiros fazerem greve

Essa é a curiosidade sobre a Grécia que mais me deixou furiosa e desconsolada. Me fez xingar até a última geração de uma empresa de ferry em Killiny. Em nosso último dia em Zakyntos, na hora H, exatamente quando deveríamos voltar pra Atenas fomos surpreendidas por uma greve de marinheiros.

A maldita tinha data pra começar e terminar. E era justamente no período que precisávamos pegar o ferry de retorno para seguir viagem até Atenas. Foi uma via sacra até conseguirmos sair da ilha. Rolou até barco ilegal mas isso é história pra outro post.

O foco aqui é ressaltar a percepção de que greves são comuns em todo o país, já que os ferrys são meios de transporte importantes nesse país com um número surpreendente de ilhas. Pesquisar sobre as greves antes de programar uma viagem é uma dica importantíssima pra não ficar a ver navios, literalmente falando.

Ferries - Transporte Marítimo na Grécia
Curiosidades sobre a Grécia: evite sempre que puder o período de greve dos Ferries.

 

Pessoas que gostam de saber curiosidades sobre a Grécia também são loucas para aproveitar os passeios nas terras antigas e sábias desse país Europeu. Procure o passeio dos seus sonhos na GET YOUR GUIDE e nos ajude reservando pelos links do blog.

5 – As ilhas gregas não são perto umas das outras

Distância entre Mýkonos e SantoriniNem sei de onde eu tirei isso, porque se pararmos para analisar o mapa dá pra ver que praticamente todas as ilhas são bem distantes uma da outra. Mas sabe aquela coisa que colocamos na cabeça por algum motivo e fica lá pra sempre até que vem o destino e pah.. Te mostra o contrário?! Pois é..

Mesmo depois de ver o mapa e pesquisar superficialmente a respeito, eu na minha humilde ignorância achava que Mykonos e Santorini eram perto. Pode ser porque li em algum lugar que o tempo de ferry de alta velocidade entre essas duas ilhas era de duas horas e meia.

Depois de ter lido isso concluí que ficar numa das ilhas e conhecer a outra fazendo um bate e volta seria melhor. Escolhi Mykonos imaginando que era só pegar uma balsa pela manha para Santorini e voltar a noite. Que assim estaria tudo certo. Só esqueci de olhar os preços e horários dos ferrys.

Resultado desse mole: depois da viagem já estar toda programada descobri que a logística não era tão fácil quanto eu pensava e fui obrigada a abrir mão de conhecer Santorini. Os horários são terríveis, os preços são salgados e não dá pra fazer um bate e volta.

Só errando para descobrir coisas inusitadas como essas curiosidades sobre a Grécia. Não acham?!

Veja todos os posts que já publicamos sobre o país e mais curiosidades sobre Grécia aqui:


Você curte nossas dicas? Então já segue o @viajenaweb no Instagram pra acompanhar  todas as viagens em tempo real!Organize sua viagem pelo Viaje na Web

Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Não custa nada pra você! Além de adquirir produtos e serviços que serão necessários para sua viagem você contribui para que o Viaje na Web continue publicando dicas e compartilhando experiências. Todos os parceiros do site são minuciosamente escolhidos, só fazemos parcerias e indicamos empresas e produtos que acreditamos.


The following two tabs change content below.
Mentaliza uma manteiga derretida que tem um pânico irracional por taruiras. Ama viajar, comprar sapatos e escrever. Um belo dia resolveu criar um blog pra compartilhar seu ponto de vista e escrever sobre os lugares mais incríveis que já conheceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *