Vinícola Concha y Toro – Degustação de vinho em Santiago

Vinícola Conha y Toro

Visitar a vinícola Concha y Toro é praticamente uma obrigação para todos os brasileiros que vão a Santiago. Como muitos sabem, o Chile é um grande produtor de vinho. Sendo assim, é natural programar passeios para conhecer vinícolas no país.

E não faltam vinícolas em Santiago para conhecer. São muitas mesmo, de todos os tipos, gostos e tamanhos.

Infelizmente tínhamos poucos dias em Santiago, portanto tivemos que fazer escolhas. Por conta disso escolhemos a mais conhecida delas que é a vinícola Concha y Toro e seu famoso Casillero del Diablo.

Não significa porém que ela seja a melhor ou mais bonita vinícola para conhecer em Santiago. A lógica envolvida na decisão foi que, por ser tão conhecida era pra nós um ponto turístico importante a ser riscado do nosso check-list.

Pra quem não tem essa mesma necessidade o blog Voali tem um post super bacana com uma seleção das melhores vinícolas chilenas separadas por região:

MELHORES VINÍCOLAS DO CHILE: ROTEIRO DOS VINHOS CHILENOS

Os jardins da vinícola Concha y Toro.

Dicas da Vinícola Concha y Toro

A vinícola Concha y Toro fica mais ou menos a uma hora de Santiago.  É possível contratar um tour (e nesse caso aconselho que combine o passeio com outra vinícola, por exemplo a Santa Rita) ou você pode simplesmente ir de metrô.

Para ir de metrô para a Concha y Toro pegue a linha 4 (azul escuro) até a estação Las Mercedes. De lá, pegue um táxi para a vinícola que vai ficar bem baratinho.

Pra quem tiver planejando alugar carro, no site da vinícola tem explicando como chegar. Mas honestamente não recomendo ir dirigindo até lá porque seria a mesma coisa que ir a um churrasco sem poder comer carne. Não faz o menor sentido.

Afinal, uma das coisas mais legais de se fazer ao visitar um lugar que fabrica vinho é degustar os produtos, não?!

PRECISA DE HOTEL EM SANTIAGO?ENCONTRE AQUI A MELHOR OPÇÃO DE HOSPEDAGEM EM SANTIAGO

Vinícola Concha y Toro
Vinícola Concha Y Toro: A casa do Sr Melchor.

Os tour oferecidos na Vinícola Concha y Toro

São oferecidos dois tipos de tour na vinícola Concha y Toro :  o Tradicional e o Marques da Casa Concha.

Todos os dois começam pelo mesmo lugar. Primeiro passamos pela casa de Melchor de Concha y Toro ( não é permitido entrar na casa),onde temos uma linda vista dos jardins e conhecemos um poucos mais da história da família. Logo em seguida vamos conhecer as uvas produzidas lá. Dependendo da estação que viajar, você poderá experimentar as uvas direto do pé.

Vinícola Conha y Toro
Nosso brinde.

Depois de algums explicações sobre os vinhedos e as uvas é feita a primeira degustação e é também nesse momento que ganhamos um taça de brinde.

Ainda do lado externo da vinícola é feita uma outra degustação e mais algumas explicações interessantes sobre a produção dos vinhos da casa.

A seguir, passamos para a  famosa adega do Casillero del Diablo. Esse é com certeza o ponto ápice da visita, onde conhecemos a história do vinho mais famoso da Concha y Toro. Por fim, temos a última degustação e o tour acaba na lojinha.

A diferença entre os tours é que o tour Marques da Casa Concha oferece ainda outra rodada de degustação de vinhos , harmonização com queijos  e é guiada por um sommelier.

O tradicional custa 12.000 pesos e o Marques da Casa Concha 22.000 pesos.

Informações sobre os horários e agendamento dos tour só acessar o site oficial da Conha y Toro pra conferir.

Dica: a vinícola possui além da loja um restaurante. Quem quiser almoçar por lá fica a dica 😉

Compre um pacote de viagem para Santiago
Temos PACOTES DE VIAGEM PARA SANTIAGO com passagem área, hotel, passeios para Concha Y Toro, Valle Nevado, Vina del Mar e Valparaiso além de City tour e seguro viagem inclusos.

Saídas de Belo Horizonte na faixa de R$ 6.100,00. Preço para duas pessoas em hotel bem localizado e todos os passeios mencionados inclusos. Data de referência 05/2019. Envie e-mail para contato@viajenaweb.com informando data da viagem, número de pessoas e aeroporto de partida que lhe enviaremos um orçamento atualizado. 

Os vinhos produzidos pela Vinícola Concha y Toro

Como em toda vinícola existe vinho para todos os gostos e bolsos. Vinhos de excelente qualidade como o Don Melchor (Cabernet Suavignon), Carmin de Peumo (carmenere), Amelia, Terrunyo, Marques de Casa Concha e o Almaviva e os de bom custo benefício como Sunrise e Frontera.

Eu não comprei nenhum na vinícola e nem aconselho. No supermercado Dias ou no Jumbo os preços estavam melhores. Leia mais sobre isso em :

SAIBA ONDE COMPRAR VINHO EM SANTIAGO COM O MELHOR PREÇO

 Vinícola Concha y Toro – A História

A história da vinícola Concha e Toro teve início em 1883 quando Don Melchor de Concha y Toro e sua mulher Emiliana Subercaseaux fundaram a vinícola com o nome de Marques da Casa Concha, localizada na pré cordilheira, próxima a cidade de Santiago.

O objetivo era explorar a produção de uvas na região já que as condições climáticas eram mais que propícias. Assim então ele contratou renomados enólogos. Importou mudas de uvas da França e … BAM! Nascia a maior e mais importante vinícola chilena.

Os vinhos produzidos ali encantaram os críticos internacionais e logo eles se tornaram um sucesso.

Mas foi só o nosso conhecido Casillero del Diablo que projetou o vinho chileno para o mundo. Criado em 1891, a lenda que o cerca fez com que os vinhos chilenos fossem conhecidos mundialmente.

A lenda do Casillero del Diablo

casillero del diabloComo eu já adiantei antes, esse vinho foi o grande responsável por trazer os vinhos chilenos para os holofotes mundiais. Tudo por conta da lenda do Casillero del Diablo.

A tal lenda começou a mais de 100 anos. Especificadamente em 1891, quando o fundador da marca resolveu guardar para si os melhores vinho das safras que eram produzidos nas suas vinícolas.

Para preservar melhor a qualidade dos mesmos, eles foram guardados numa adega subterrânea que em espanhol se chama “casillero”. Com o passar do tempo Don Melchor percebeu que os vinhos estavam desaparecendo misteriosamente e não demorou muito pra perceber que estava sendo roubado.

Muito esperto, espalhou pela redondeza um boato de que o próprio diabo vivia dentro da adega em que os vinhos ficavam armazenados. Deu certo. O medo do demoníaco morador da adega fez com que os ladrões sumissem e nenhuma garrafa foi mais roubada.

E assim nasceu o lendário Casillero del Diablo.onde comprar vinho em Santiago

O vinho com esse nome que foi responsável por projetar a Concha y Toro internacionalmente só foi lançado mesmo em 1963. Todos os anos vende em torno de 2,6 milhões de caixas pelo mundo.

Como não poderia deixar de ser, o ponto alto da visita é justamente quando eles contam toda essa história.

Pra mim, é isso que vale o passeio a vinícola Concha y Toro . Já passou por lá também? Conte pra gente como foi sua visita! E se você está lendo essas dicas para planejar sua viagem, não se esqueça de usar os links do blog para fazer suas reversas, dessa forma você contribui com o Viaje na Web e nos ajuda a continuar escrevendo dicas de viagem.

Não deixem de visitar a vinícola Concha y Toro em Santiago.


Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Não custa nada pra você! Além de adquirir produtos e serviços que serão necessários para sua viagem você contribui para que o Viaje na Web continue publicando dicas e compartilhando experiências. Todos os parceiros do site são minuciosamente escolhidos, só fazemos parcerias e indicamos empresas e produtos que acreditamos.


Inspire-se, não pire, e vem viajar com a gente em tempo real no instagram!

 

The following two tabs change content below.
Mentaliza alguém apaixonada por viagens. Desde criança sonhava em ser aventureira e foi com essa vontade de desbravar o mundo que nasceu o Viaje na Web. Escreve para compartilhar experiências e inspirar mais pessoas a se jogar nesse mundão. Acredita que tudo é possível quando acreditamos na força dos nossos sonhos.

2 thoughts on “Vinícola Concha y Toro – Degustação de vinho em Santiago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *