Trilha da Laguna 69 – Tudo o que você precisa saber

Dicas sobre a Trilha da Laguna 69 no Peru

O Peru é um dos países preferidos da minha lista. Cheio de histórias interessantes, cultura rica, uma culinária de dar água na boca e paisagens surreais. Foi amor a primeira vista. A primeira vez que estive por lá fiz aquele basicão que todo brasileiro faz no país: Lima, Cusco e Machu Picchu. Até então eu nem sabia da existência da Laguna 69 e sua famosa  e temida trilha.

Ao retornar dessa viagem, descobri por acaso na internet (porque eu não me canso nunca de pesquisar novos destinos) um paraíso de águas azuis: a Laguna 69.  E pesquisando mais fiquei conhecendo o Parque Nacional de Huascarán e tive certeza que uma viagem de volta ao Peru seria muito em breve.

No começo me assustei um pouco com a trilha depois de vários relatos que li em outros blogs de viagem.  E como não sou lá uma grande atleta fiquei um pouco receosa de não conseguir chegar até o final. Mas quando eu descobri que os preços em Huaraz eram super em conta meu ânimo voltou rapidinho.

No fim, graças a Deus deu tudo certo, apesar dos desafios eu consegui concluir a trilha sem muito problema e agora quero compartilhar nesse espaço todas as dicas para quem pretende um dia fazer o mesmo.  Vem cá, vamos conversar! Cola em mim que vou passar as dicas quentes pra você também conseguir ver ao vivo e em cores esse lago azul maravilhoso da Laguna 69.

 

.

Onde fica a Laguna 69

Localizada na região de Yungay, no norte do Peru, ela é considerada por muitos uma das mais belas lagunas do Parque Nacional de Huascarán. Imaginem um lago com um incrível tom de de azul, há 4600 metros de altitude, formada pelo derretimento dos picos nevados da cordilheira.

Como chegar a Laguna 69

Ao contrário da Laguna Parón, que tem jeito de chegar só de carro, pra chegar na Laguna 69 precisa de algumas horas dentro de um carro mais uma longa caminhada.  Ou seja, chegar até esse surpreendente lago azul demanda tempo e bastante esforço físico (essa parte eu vou detalhar mais embaixo).

A maioria dos passeios pelo Parque Nacional de Huascarán saem da cidade de Huaraz. Mesmo que seja um passeio de um dia inteiro ou as trilhas que podem levar dias, provavelmente sua viagem vai começar por essa cidade. Para pesquisar por hotéis em Huaraz clique aqui diretamente ou leia esse post com as dicas de hospedagem que a Fernanda selecionou no próprio booking.

Onde ficar em Huaraz – As melhores opções de hospedagem em Huascarán seleção feita a dedo pela Fernanda baseada na nota de avaliação no booking e custo benefício

Se você estiver na capital peruana, já escrevi outro post inteirinho explicando como chegar em Huaraz saindo de Lima.

Não sou mochileiro nem tenho experiência em trilha, posso fazer a trilha da Laguna 69?!

Foi a primeira pergunta que eu me fiz quando decidi fazer a trilha para a Laguna 69. Me encaixo certinho nesse perfil. Tenho certos níveis de frescura e não sou preparada fisicamente para nada muito radical.

Mas a resposta felizmente é sim.

Ficou feliz de saber que a trilha não é um bicho de sete cabeças?!

Apesar de vários relatos assustadores pela internet, a Laguna 69 é possível pra todo mundo, até para portadores de hérnias como eu. Não é uma caminhada tranquila, mas também não é um Everest. Pode ir sem medo :).

Recomendo porém que cheque com seu médico se você tem alguma condição especial que possa ser agravada com a altitude e altas doses de caminhada. Porque mesmo que não precise ser um atleta profissional ou o doido da acadêmia para fazer a trilha acredito que seja importante estar em boas condições de saúde.

Como é a trilha para a Laguna 69

Não vou mentir pra você: a trilha para a Laguna 69 não é moleza. Afinal de contas são 14 km ida e volta, muitas subidas com algumas doses de falta de ar. Mas também não é impossível: a Fernanda que é uma das pessoas mais moles do planeta conseguiu 🙂

Cachoeiras no Peru - Trilha da Laguna 69
Uma das cachoeiras que encontramos ao longo da trilha

Já contei que fiquei um pouco assustada com os relatos que vi quando comecei a ler sobre a trilha da laguna 69 né?! De modo que planejei me preparar fisicamente antes da viagem,  só que isso não chegou a acontecer. Mas vou te tranquilizar: não, não é coisa de outro mundo.

Aproveitando a oportunidade, vou dar um aviso: NÃO FAÇA A LAGUNA CHURUP ANTES.

Fernanda está escrevendo um post explicando direitinho o porquê. Mas vai por mim: em resumo, é um trilha demoníaca, com subida o tempo inteiro, inclusive tendo que escalar em alguns momentos.

Como o tempo estava nublado o final nem foi tão recompensador. Esse conselho serve para pessoas amadoras, assim como eu. Se você é um expert em trilhas como a da laguna 69, e se acha bem preparado, vá em frente. Se não, não faça isso com o seu corpo.

Eu fiz a trilha da Laguna Churup um dia antes da Laguna 69 e juro que se não fosse ela, o trajeto teria seria muito menos dolorido. Conselho importante dado, vamos ao que importa: a trilha para a Laguna 69!

Galeria de fotos do caminho para chegar na Laguna 69

Trilha da Laguna 69 – O início

Saímos de Huaraz umas 05:30 da manhã, viajamos 3 h de carro até chegar no início do percurso, que é lindo. Bem plano, com pastos, muitas vaquinhas e vários riachos. Um estilo bem ” O Senhor dos anéis”.

Se prepare para algumas sacudidas dentro do carro, mas nada parecido com o trajeto até a Laguna Paron. Depois vão começar as subidas e a paisagem vai mudando aos poucos: montanhas com picos nevados, cachoeiras para todos os lados, bem cênico. Pensa num barulho de paz, se é que isso existe!

De modo geral, a trilha para a Laguna 69 é bem mais tranquila do que achei que fosse. Mas se prepare porque o último km é pura subida. Acho que é por conta dele que todo mundo reclama tanto. Comigo não foi diferente, parei por diversas vezes pra tomar ar e minha guia foi essencial nesse momento. Sempre acompanhando o nosso ritmo (lento) e nos incentivando o tempo todo a continuar.

Nota: quando digo “tranquila” não digo que é facil. Mas sim que é possível.  Mas tenha em mente que a altitude judia muito e vão ser necessárias milhões de paradas para tentar recuperar o fôlego. A trilha começa em 3.900 m e a Laguna 69 tem 46.00 m.

Para se preparar melhor para essa questão da altitude, leia nosso post com dicas para lidar com este mal: Como lidar com o mal de altitude.

Trilha da Laguna 69 – Prepare-se para as subidas

Durante o caminho ficava me perguntando porque diabos eu estava fazendo aquilo comigo até que eu vi a Laguna 69 pela primeira vez. E todo aquele pensamento foi embora, dando lugar a um mix de sensações: superação, emoção e gratidão.

Gratidão a Deus, por toda aquela maravilha diante dos meus olhos.  Emoção, porque gente, é lindo demais! E o melhor de todos, o sentimento de superação. Aquela coisa de “eu consegui” é realmente empoderador e naquele momento eu me senti capaz e fazer tudo que eu quisesse. Pensei poxa vida, subi mais da metade de um Everest!

Fique ali apreciando a vista, tire milhões de fotos, coloque o pé naquela água congelante e prepare-se para voltar. Pra mim foi a parte mais difícil. Dizem que pra baixo todo santo ajuda, mas olha, meus joelhos não concordam muito com esse ditado. E para piorar fomos agraciados com uma bela chuva durante o retorno.

Então galera, durante o percurso se pensar em desistir tenha em mente que a Laguna 69 vale todo o seu esforço. A natureza sabe esconder bem os seus tesouros 😉



GIF 728x90 - Fitness



Dicas úteis para a trilha da Laguna 69

  • Contrate uma empresa. Pode sair um pouco mais caro (o nosso custou $85), mas pra gente foi perfeito. Nós contratamos todos os passeios com a Inkland Treks e tudo correu super bem. Nos buscaram na rodoviária no dia da chegada e  todos os passeios foram feitos em carro privado. Todos os dias eles providenciavam um box de café e também o almoço. Não tivemos que nos preocupar com nada. Fora a presença de um guia, que considero essencial. Sem contar que a dona da empresa, Edita, é um amor de pessoa. Super recomendado!
  • Use roupas apropriadas: casaco impermeável e corta vento, roupas respiráveis e sapato próprio e também impermeável. O clima nas montanhas é imprevisível e não dá pra ficar de corpo e pés molhados né?! Eu comprei tudo pela Decathlon com ótimo custo benefício. Se escolher comprar por lá use esse link aqui do blog, que assim você colabora com a gente.
  • Evite fazer a trilha da Laguna 69 no dia que chegar a Huaraz. É importante passar por uma aclimatação primeiro. O mal de altitude ou soroche pode estragar o seu passeio.  Para aclimatação, recomendo os passeias a Laguna Paron ou ao Glacier Pastoruri.
  • Tem gente que vai embora no mesmo dia, mas eu acho loucura. O ideal é pegar mais uma diária em Huaraz, descansar e voltar durante o dia seguinte. O ônibus é bom e a estrada até Lima passa por umas paisagens cênicas. Assim se você conseguir comprar as primeiras poltronas da parte de cima do ônibus vai assistir tudo de camarote.
Galeria de fotos da Laguna 69 no Peru

Espero que as informações sobre a Laguna 69 e as dicas para conseguir fazer a trilha tenham sido úteis. Espero que voltem aqui para me contar se também conseguiram fazer a trilha e qual foi o sentimento.

PLANEJE SUA VIAGEM COM A GENTE AQUI NO BLOG:

  • Reserve pelo Booking.com – Clique no link e veja todas as opções de hospedagem em Huaraz.
  • Contrate aqui o seu SEGURO DE VIAGEM: – Nós temos parceria com a SEGUROS PROMO. Aqui você consegue pesquisar os melhores preços e com isso economiza evitando perrengues para viajar tranquilo. Use nosso cupom especial VIAJENAWEB5 e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue seu carro com a RentCars – Aqui mesmo do Brasil você já efetua a reserva com um preço mais em conta.
  • Compre seu chip intenacional com a EASYSIM4U para usar a internet do celular durante sua viagem – Não fique sem internet  fora do Brasil, comprar um chip pra usar no exterior sai muito mais em conta e você fica muito mais a vontade do que se contratar um plano pela operadora. Após a compra, o chip chega em até 8 dias úteis para frete normal ou até 4 dias úteis por SEDEX. No Peru, usamos o chip da easysim que ganhamos de brinde e pasmem, funcionou até em Huaraz!
  • Adquira um roteiro personalizado pelo Viaje na WEB – Se não tem tempo ou paciência para pesquisar as melhores atrações de um destino contrate nosso serviço de roteiro personalizado. Entregamos um roteiro especialmente elaborado de acordo com suas preferências e todos os links para efetuar as reservas além dicas exclusivas. Havendo interesse entre em contato através deste formulário.

Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Você não paga nada a mais por isso e ajuda o Viaje na Web a continuar escrevendo dicas e compartilhando experiências.

Você também pode curtir esses outros posts:

The following two tabs change content below.
Mentaliza alguém apaixonada por viagens. Desde criança sonhava em ser aventureira e foi com essa vontade de desbravar o mundo que nasceu o Viaje na Web. Escreve para compartilhar experiências e inspirar mais pessoas a se jogar nesse mundão. Acredita que tudo é possível quando acreditamos na força dos nossos sonhos.

Latest posts by Bruna Bragatto (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *