Dicas para visitar o Castelo de Fontainebleau perto de Paris

Castelo de Fontainebleau perto de Paris

Anote ai essa dica! Faça um passeio de um dia até o Castelo de Fontainebleau ou Chatêau de Fontainebleau. Se você quer conhecer um Castelo em Paris, mas tem preguiça de enfrentar filas assustadoras e a grande quantidade de turistas que visitam o Palácio de Versalhes essa dica resolve seu problema.

Esse lindo castelo fica perto de Paris, é super fotogênico e ainda tem o bônus de ser bem menos conhecido que Versalhes. Isso garante, pelo menos por enquanto, uma visita mais agradável.

Aqui nesse post reunimos as melhores dicas para conhecer o Castelo de Fontainebleau . Além de todas a informações básicas de como chegar ao palácio saindo de Paris, quanto custa o ingresso, onde comprar e etc, ainda vamos conversar um pouquinho sobre a história desse palácio. Porque acredite, ser pouco conhecido pelos turistas, não muda o fato de que ele foi tão importante para a história quanto Versalhes.

Já contratou o Seguro Viagem?
Além de ser obrigatório na Europa, a imigração de qualquer país pode usar o documento como critério para negar ou autorizar a sua entrada. E caso haja algum imprevisto, acredite, o seguro será o seu melhor amigo. Faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre o melhor custo benefício. Aproveite e ganhe até 10% de desconto utilizando o nosso cupom: VIAJENAWEB5.

Onde fica e como chegar ao Castelo de Fontainebleau

Castelo de Fontainebleau está localizado na cidade de Fontainebleau, no departamento de Sena e Marne no norte da França. É um excelente passeio para quem quer visitar um castelo saindo de Paris e fugir da muvuca de Versalhes.

Nós encaixamos a visita ao Castelo de Fontainebleau na viagem de ida para a o sul da França, por isso fomos de carro. Alugamos antecipadamente pelo site da Rentcars sem a cobraça de IOF, e com a possibilidade de parcelamento. Mas pra quem prefere fazer um bate e volta saindo de Paris a opção mais prática é ir de trem ou adquirir um tour que esteja incluso o transporte de ida e volta saindo de Paris.

Dicas para alugar um carro e dirigir na França.

Como chegar ao Castelo de Fontainebleau de trem saindo de Paris

Bastar ir até a estação Gare de Lyon, grandes lignes, e pegar o trem em direção à Montargis, Montereau ou Laroche Migennes. Desça na estação Fontainebleau Avon. Lá pegue o ônibus linha 1 direção Les Lilas e desça na estação Château. Dai é só seguir as grades do parque do castelo e chegará na primeira entrada.

É bem fácil chegar. Para voltar, pegue o mesmo ônibus em frente a pracinha da cidade. O preço do deslocamento fica em 17,70 euros. Mais 4 euros ida e volta do ônibus. O tempo total do trajeto é em torno de 1 h e 30 min.

Super dica: Use o tíquete Mobilis: (zona 5) 17,80 €. Com ele você poderá andar o dia inteiro com o mesmo tíquete. Inclui ida e volta de trem e ônibus. Vale mais a pena comprar este Mobilis de um dia do que comprar as passagens separadas.

Opções de tour para conhecer o Castelo de Fontainebleau

O bom de contratar um tour é não ter a preocupação de se perder no caminho, além disso ambas as opções abaixo incluem visita a um segundo castelo. Os dois passeios bate e volta de Paris são bem parecidos, porém na primeira o meio de transporte é feito em ônibus, o que torna esta a opção mais econômica. Pra quem prefere fazer o passeio com chance de ter menos pessoas, de repente vale a pena pagar mais caro e ficar com a segunda opção. Nela o transporte é feito por microônibus, ou seja, a lotação maxima é bem menor!

Se a sua viagem for de abril a novembro, de repente ainda dá pra encaixar um passeio de balão de ar quente em Fontainebleau no fim do dia. Já pensou que maravilha ver de cima toda aquela maravilha?!

Como é a visita ao Castelo de Fontaineblau

Como falei antes, achei nossa visita maravilhosa. Apesar de ter esbarrado num ônibus de turistas chineses que entraram junto com a gente no castelo na abertura das portas, conseguimos explorar os cômodos com calma. Deu para tirar fotos maravilhosas e curtir o jardim numa paz que jamais teríamos encontrado em Versalhes.

E se você não conhece a história do Castelo de Fontaineblau mas gostaria de conhecer recomendo fortemente adquirir um audio tour na bilheteria para explorar todos os cômodos no seu próprio ritmo e caminhar ouvindo as explicações do audio a medida que vai entrando nos aposentos. Pra quem curte história como eu, vale muito a pena!

Foi isso que fiz enquanto a Fernanda andava igual barata tonta deslumbrada com o castelo, fotografando tudo mas sem saber o que significava a historia da mobilia, dos cômodos e nem mesmo os acontecimentos históricos que se passaram ali. Eu, ao contrario, andei pelo castelo atenta com meu áudio tour, ouvindo um aula de historia enquanto pisava com meus próprios pés no mesmo chão que um dia Napoleão Bonaparte pisou.

Horários de funcionamento do Castelo de Fontainebleau

Durante a alta temporada, que vai de abril a setembro, ele abre todos os dias de 9.30 até 18 horas. Já na baixa temporada que começa em outubro e vai até março, o castelo fica aberto todos os dias de 9.30 até 17 h.

Atenção: Último acesso 45 minutos antes do fechamento.

Dias em que não abre: 1° de janeiro, 1° de maio, 14 de julho, 11 de novembro (pela manhã) e 25 de dezembro. Os dias de funcionamento podem alterar então lembre de acompanhar no site oficial.

Horários de abertura dos pátios e jardins

  • De novembro a fevereiro: aberto todos os dias de 9 até 17 horas
  • Em março, abril e outubro: aberto todos os dias de 9 até 18 horas
  • De maio até setembro: aberto todos os dias de 9 até 19 hora

Atenção  : o Jardim de Diana e o Jardim Inglês fecham respetivamente 30 minutos e 1h antes dos horários indicados. Em caso de mau tempo, os jardins podem ser fechados.

Quanto custa e onde comprar a entrada do Castelo de Fontainebleau

Pra não correr o risco de perder tempo na fila o ideal é comprar a entrada do castelo prioritária antecipadamente pela internet. No site da Get Your Guide, parceiro comercial do blog, o preço é o mesmo que no site oficial. A grande vantagem é poder comprar no site em português.

Se pretende visitar outros museus em Paris e arredores, vale a pena conferir os passes como o Paris Museum Pass ou o Paris City Pass. A entrada do Palácio de Fontainebleau está incluída em ambos, e dependendo do seu roteiro em Paris, pode compensar comprar um deles.

No dia da nossa visita, a entrada custava 12 euros. É possível acompanhar o preço atualizado através do site oficial do castelo. Algumas categorias têm acesso gratuito ou tarifa reduzida mediante apresentação de comprovação conforme abaixo:

GratuitoDesconto
– Menores de 18 anos.
– Jovens entre 18 e 26 anos, residentes de longa duração em país da União Europeia.
– Pessoas com deficiência, mutilados de guerra (e seu acompanhante).
– Para todos, o 1º domingo de cada mês, com exceção de julho e agosto.
– Famílias numerosas.
– Jovens de 18 a 25 anos, não residentes, de países da União Europeia.



Internet ilimitada no celular durante a viagem
Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Para fugir das altas tarifas das operadoras a melhor solução é comprar um chip internacional antecipadamente e já chegar no destino com tudo funcionando sem precisar correr atras de um chip local. A Easysim4u e a Viaje Conectado oferecem planos sob medida para mais de 200 países com conexão de internet 4G. Clique nos links para saber mais.

Um pouco da história do Chateau de Fontainebleau

Castelo de Fontainebleau ou Chatêau de Fontainebleau foi palco de muitos acontecimentos importantes da história da França e também é um dos maiores palácios reais franceses. Se você não tem paciência para áudio tour, guia de turismo e etc, a melhor coisa a se fazer é ler meu resumo sobre a história do Castelo de Fontaineblau. Afinal de contas, é um pecado conhecer esse lugar, sem saber pelo menos o basicão da sua história.

Quem nos acompanha sabe que eu sou fascinada pela história da França e do mundo de uma forma geral. Então visitar esses lugares, para mim, é sempre uma experiência única, daquelas que todo mundo deveria fazer.

Conhecido como o Palácio dos Reis, quase todos os soberanos franceses passaram por Fontainebleau. De Francisco I a Luís VX, de Henrique IV a Napoleão III. Os Bourbons, os Orléans, os Bonaparte. Toda dinastia que passou por ali deixou sua marca.

Eu conheci esse castelo por causa de Napoleão, era a residência favorita do imperador. Ele inclusive que restaurou o castelo pós Revolução Francesa.

Vários acontecimentos marcantes acontecerem em Fontainebleau: a morte prematura do único filho de Louis XV, a assinatura de diversos tratados importantes que marcaram territórios da Europa.

Mas o acontecimento mais marcante sem dúvida foi a assinatura do Tratado de Fontainebleau, onde Napoleão abdicou ao trono e partiu para o exílio na ilha de Elba, em de abril de 1814.

Não preciso nem dizer o quanto achei incrível descer a mesma escadaria onde o Imperador se despediu de seus soldados antes de partir para o exílio; conhecer a sala onde foi assinada a abdicação; a sala do trono e no geral ver de perto todo o acervo magnífico do castelo.

É uma viagem no tempo e uma aula de história da melhor qualidade.

Castelo de Fontainebleau ou Palácio de Versailles?

A primeira pergunta que me fazem quando falo sobre o Castelo de Fontainebleau é se vale a pena visitá-lo e se ele é mais bonito que o Palácio de Versailles.

Primeiro tenha em mente que são dois passeios totalmente diferentes. Versailles é mais glamuroso, mais midiático e consequentemente mais lotado.

Já o Castelo de Fontainebleau, apesar de toda sua beleza e história grandiosa ainda é um dos castelos menos conhecidos da França. Mas por que um castelo que foi construído meio século antes do Louvre e cinco séculos antes de Versailles recebe menos turistas?!

Dizem que é devido a ausência de uma ligação direta entre Paris e o castelo de Fontainebleau, como no caso de Paris/Versailles e falta de verbas para a restauração e também para campanhas de marketing. Mas isso está para mudar. Então aproveite para conhecer esse monumento antes que ele se torne tão popular quanto os outros castelos franceses.

Depois dessas considerações, qual visitar? Depende. Se você prefere um passeio mais tranquilo, sem multidão, fique com Fontainebleau. Aqui no Viaje na Web a escolha foi polêmica: se tivéssemos que escolher apenas um por conta de não ter tempo, eu (Bruna) iria em Versailles e a Fernanda escolheria Fontainebleau.

Porém como a França não é um destino pra visitar apenas uma vez, todo mundo deve visitar os dois. E pra quem ainda não leu, eu tenho um post inteiro com todas as dicas sobre o Palácio de Versailhes aqui.

Bora ler antes de decidir?!


Você curte nossas dicas? Então já segue o @viajenaweb no Instagram pra acompanhar  todas as viagens em tempo real!Organize sua viagem pelo Viaje na Web

Utilizando os links acima o blog ganha uma pequena comissão a cada reserva efetuada. Não custa nada pra você! Além de adquirir produtos e serviços que serão necessários para sua viagem você contribui para que o Viaje na Web continue publicando dicas e compartilhando experiências. Todos os parceiros do site são minuciosamente escolhidos, só fazemos parcerias e indicamos empresas e produtos que acreditamos.

The following two tabs change content below.
Mentaliza alguém apaixonada por viagens. Desde criança sonhava em ser aventureira e foi com essa vontade de desbravar o mundo que nasceu o Viaje na Web. Escreve para compartilhar experiências e inspirar mais pessoas a se jogar nesse mundão. Acredita que tudo é possível quando acreditamos na força dos nossos sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *