onde ficar em Lima - Peru - Miraflores

Onde ficar em Lima: Guia de bairros e dicas de hospedagem

Hospedagem em Lima não é uma coisa muito complicada para resolver. Primeiro porque existe um consenso da maioria dos turistas sobre qual o melhor lugar para ficar na cidade. Segundo porque os preços não são exorbitantes e existem boas opções na medida certa facilitando a vida de quem precisa decidir onde ficar em Lima.

 

Digo na medida certa porque pra mim é um horror escolher hospedagem quando a cidade oferece opções ilimitadas de bairros e facilidade em locomoção. Quando existe um metrô eficiente por exemplo, podemos escolher qualquer bairro que fique próximo de uma estação.  Por essa ótica decidir onde ficar em Paris e Tóquio foi um desespero.

 

Tenho uma tendência a ficar perdida em dúvidas quando tenho muitas opções na mesa. Mas como existe esse consenso sobre o melhor lugar para ficar e são poucos bairros onde se concentram os hotéis, achar onde ficar em Lima, pra mim já foi mais tranquilo.

 

Mesmo tendo escolhido Miraflores para me hospedar nas duas vezes que viajei para o Peru, tenho algumas considerações a fazer sobre os demais bairros que podem não ter sido o ideal para minha viagem mas talvez possa ser para a sua.

 

Para te ajudar a tomar essa mesma decisão vou deixar esse post recheado com boas dicas de hospedagem em Lima. Aqui você vai encontrar um mini guia de viagem com a descrição dos bairros da cidade e as regiões de hospedagem mais conhecidas. Vou ainda contar qual é o lugar que os turistas preferem e deixar a dica do hotel onde fiquei nas duas vezes que viajei para o Peru.

Onde ficar em Lima – Quais são os bairros mais indicados para hospedagem?

Apesar de ser a capital de uma país inteiro e também a maior cidade do Peru, existem apenas quatro bairros em Lima que são mais  utilizados para fins de hospedagem.  São eles Miraflores, Barranco, San Isidro e o Centro.

 

Se fizermos uma breve pesquisa de hotéis em Lima no Booking perceberemos que em torno de 95% deles estão distribuídos nesses quatro bairros. Você pode até nadar contra a maré hospedando-se nesses outros 5%. Localidades como San Miguel, Santiago de Surco, Callao e Pueblo Libre também possuem algumas opções de hospedagem. Mas não acho que valha a pena pois é possível encontrar bons preços em hotéis bem localizados.

 

O que vale é o propósito de cada viagem. Se a ideia é ficar longe de turistas e se conectar mais com a cultura local, com o cotidiano dos peruanos fugindo dos lugares mais óbvios, vá fundo! Vasculhe nos links que deixei ali em cima uma hospedagem diferentona e seja feliz. Cada um com seu propósito.

 

Mas lembre-se que existe um motivo para a maioria dos hotéis estarem concentrados em apenas algumas regiões. Ficando muito longe precisará gastar dinheiro com o deslocamento para conhecer os pontos mais famosos da cidade de Lima e também perderá tempo com isso. Fica a dica!

 

Internet ilimitada no celular durante a viagem

 

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Para fugir das altas tarifas das operadoras a melhor solução é comprar um chip internacional antecipadamente e já chegar no destino com tudo funcionando sem precisar correr atras de um chip local. A Easysim4U e a Viaje Conectado oferecem planos sob medida para mais de 200 países com conexão de internet 4G. Clique nos links para saber mais.

1) Onde ficar em Lima: Miraflores – A preferida dos turistas

Miraflores é disparado a opção mais procurada por quem viaja a Lima afim de turistar.  O motivo para isso pode ser a infraestrutura do distrito, a localização privilegiada ou a vizinhança rica. Não sei dizer qual dos três foi determinante para que esse bairro se tornasse o preferido dos turistas em Lima.

 

Miraflores – o bairro mais famosos de Lima

 

A seguir uma seleção de hospedagens que achei interessantes em Miraflores. Para mais detalhes sobre elas dêem uma lida no post que escrevi especialmente sobre o bairro de Miraflores.

 

Belmond Miraflores Park

The Lot Boutique Hotel

Sol de Oro Hotel & Suites

Quinta Miraflores Boutique Hotel

Ibis Lima Reducto Miraflores

Thunderbird Hotel j. Pardo

Hotel de Autor II

Ibis Larco Miraflores


Se você não acredita em mim, pode conferir o que dizem outros blogs de viagem. A maioria vai dizer exatamente isso. Que Miraflores é o melhor lugar para ficar em Lima e o mais recomendado por blogs e revistas especializadas em viagem. Apesar disso os outros bairros citados aqui não são ruins. Dependendo do propósito da viagem e dos objetivos de cada um podem ser até mais adequados.

2) Onde ficar em Lima: Barranco – O bairro mais colorido de Lima

Foi só na segunda vez que visitamos Lima que conhecemos o Barranco. E apesar de não ter todo o glamour de Miraflores o bairro tem sim um charme todo especial.

 

Charme que por sinal tem conquistado cada vez mais turistas. Já existe até quem ouse dizer que ficar no Barranco é melhor que ficar em Miraflores. Cada um no seu quadrado, apesar de não ser o bairro mais procurado para hospedagem o Barranco é famoso pela sua vida noturna. Seus bares e restaurantes animados fizeram a fama do bairro como o lugar mais boêmio de Lima.

 

Se as cores do Barranco não forem são capazes de te convencer. Irão pelo menos lançar na sua mente uma pontinha de dúvida sobre onde ficar em Lima. Miraflores ou Barranco? Para jogar mais lenha ainda na fogueira escrevemos um post inteirinho recheado de dicas sobre o Barranco. Só clicar no botão logo abaixo para ler.

 

Barranco – o bairro mais colorido de Lima

3) Onde ficar em Lima: San Isidro – O distrito financeiro de Lima

Dizem que San Isidro é uma espécie de centro financeiro de Lima. Existem hotéis chiquérrimos, restaurantes requintados e bem conceituados por lá. Ficam todos espalhados entre os arranha-céus cheios de escritórios com seus trabalhadores engravatados. No booking é também a o bairro com mais opções de hospedagem depois de Miraflores.

 

Nada impede que as pessoas utilizem o bairro para fins turísticos, afinal Miraflores está logo ali do lado e o centro também. Quero ressaltar apenas que no bairro o ambiente predominante é o de negócios. Por isso lá acaba sendo ideal mais para os que viajam a trabalho.

 

Quem busca um lugar para fugir da muvuca turística sem perder a classe também pode encontrar um refúgio em San Isidro. Afinal, o distrito fica razoavelmente perto dos lugares de interesse do ponto de vista turístico mas distante o suficiente do tumulto das ruas movimentadas do centro. Neste link aqui vocês podem ver todas as 70 opções de hospedagem em San Isidro disponíveis no Booking.

 

A verdade é que eu, só escolheria me hospedar em San Isidro se fosse para ficar no Country Club Lima Hotel. Pensa num hotel chiquérrimo e clássico, a cara da riqueza. Tem até campo de golfe! Mas vamos ser realistas, meu orçamento não cabe tanto luxo… Ainda! Quem sabe no futuro?!

 

Outras opções de hospedagem em San Isidro:

Swissotel Lima

The Westin Lima Hotel & Convention Center

Outras opções elegantes porém mais em conta:

Casa de Orrantia

El Golf Hotel Boutique

Outras opções mais econômicas:

B Guest House 477

Ocean Hotel

 

Já contratou o Seguro Viagem?

 

Além de ser obrigatório na Europa, a imigração de qualquer país pode usar o documento como critério para negar ou autorizar a sua entrada. E caso haja algum imprevisto, acredite, o seguro será o seu melhor amigo. Faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre o melhor custo benefício. Aproveite e ganhe até 10% de desconto utilizando o nosso cupom: VIAJENAWEB5.

4) Centro – A opção de hospedagem mais temida em Lima

Não vou mentir pra ninguém, a fama do centro para hospedagem não é boa. O que acontece é o seguinte: de dia as ruas são bem movimentadas mas a noite tudo fica vazio e fechado. Não sei dizer se existe um motivo para tanto alarde, o centro do Rio por exemplo, ou ali perto da Lapa deve ser muito mais perigoso. Mas o fato é que todo mundo recomenda muito cuidado por lá.

 

Apesar da fama ruim, o centro de Lima é o Centro Histórico mais bonito e mais cheio de atrações de toda a América Latina. Se o objetivo maior ao visitar a capital peruana é se jogar nessa onda, talvez se hospedar no centro não seja uma ideia ruim. Principalmente se assim como eu, você não tem pique para sair a noite depois de bater perna o dia inteiro pela cidade.

 

No centro o principal ponto de interesse é a Praça Mayor de Lima. A decisão mais lógica então seria procurar por hospedagem próxima a ela. Segue abaixo três opções de hospedagem no Centro com boas avaliações no booking.

Apartamento 5 estrelas no Centro Histórico de Lima

Kamana Hotel (melhor custo benefício)

Hostal Bonbini (mais barato)

Dicas de hospedagem em Lima – Os bairros menos conhecidos

Esses dias li uma matéria no site da Veja sobre bairros pobres de Lima que estavam sendo explorados como atração turística por uma agência de turismo local. Não deve ser muito diferente do que fazem nas favelas do Rio.

 

Se o mais importante na sua viagem é se conectar com a cultura e o cotidiano local.  Talvez escolher um lugar para ficar em bairros diferentes dos mais conhecidos seja o mais indicado. Nas opções de hospedagem do booking existem ainda outros quatro lugares que podem ser utilizados para esse fim.

Callao – O bairro mais perto do aeroporto

Callao é aquele bairro feinho e meio capenga que a gente passa no caminho para Miraflores quando chega em Lima. Fica logo ao lado do aeroporto e por conta disso pode ser uma opção interessante para quem utiliza Lima apenas como ponte área. Acho um desperdício porque conhecer Lima vale muito a pena, mas cada um com seu roteiro.

 

Se seu objetivo é encontrar um lugar para ficar em Lima próximo ao aeroporto, sorria. Acabou de encontrar, Callao é esse lugar. Ali perto do aeroporto tem o Costa del Sol Wyndham Lima Airport para os mais endinheirados ou o Paypurix Hostel para quem precisa economizar.

 

Além de ser o bairro onde fica o aeroporto de Lima no Callao tem uma fortaleza e um porto. A Fortaleza de Real Felipe protegia Lima dos ataques marítimos. Por lá se encontram canhões, estátuas de vitória e muralhas de proteção, tudo bem próximo a Praia de El Balneario de La Punta. O pessoal do blog Contanto Palavras fez um passeio pelo Callao para conhecer essa cidade portuária vizinha de Lima e contou tudo por lá com vários registros fotográficos. Vale a pena conferir!

 

Se ao decidir onde ficar em Lima resolver fixar sua morada temporária por aqui, lembre-se apenas que o Callao fica a 8,7 km do centro da cidade.

San Miguel

San Miguel fica a 7,9 km do centro da cidade, no meio do caminho entre o centro de Lima e o Callao, margeando o Oceano Pacífico.  As únicas referências sobre o distrito que encontrei estavam em inglês no site Lima Easy. De acordo com eles “da década de 1920 até a década de 1960,  San Miguel era um distrito de praia, lazer e entretenimento semelhante a Miraflores, Barranco e Chorrillos atraindo visitantes com seus cenários incríveis, belos jardins, ambiente pitoresco e calma”.

 

“Hoje porém é uma área residencial de classe média. Em San Miguel fica o Parque das Leyendas (Parque das lendas), localização do principal zoológico de Lima.  Dizem também que fica em meio a uma grande parte da cidade antiga mais extensa de Lima e é um dos mais importantes complexos pré-hispânicos na costa peruana central, chamado Complexo Arqueológico de Maranga. O parque consegue combinar ecologia, arqueologia, educação e relaxamento.”

 

Pelo que entendi San Miguel é mais indicado para quem busca apartamentos, ou para quem pretende ficar uma temporada maior em Lima. Encontrei no booking vários apartamentos no estilo e preços semelhantes ao do Apartamento Oceano Costanera com vistas maravilhosas do pacífico e uma piscina convidativa.

Santiago de Surco e Pueblo Libre

Ambos os bairros ficam bem distantes do Centro e de Miraflores. Enquanto Santiago de Surco  faz a divisa com Surquillo e o Barranco, Pueblo Libre fica do lado oposto depois de San Isidro.

 

Em Santiago de Surco a atração local mais conhecida é o Parque de la Amistad. Ideal para quem  gosta de caminhar, correr ou descansar a mente num ambiente mais calmo.  Por ser afastado de Miraflores, o táxi até lá pode ser salgado e não é um lugar muito procurado por turistas. Lembro de ter lido em algum outro blog que por 1 sole você consegue chegar lá de ônibus.

 

Já Pueblo Libre  segundo o guia do booking tem uma vibe de cidade pequena com varias gerações vivendo em casas da época colonial. No bairro fica o Museu Larco Herrera que retrata a história peruana, incluindo artefactos pré-colombianos e contemporâneos. A Janaína Guerra que mora em Lima contou um pouco mais sobre esses dois lugares para visitar em Lima no blog Brasileiras pelo Mundo.

 

Onde ficar em Lima: Dicas de Hospedagem

 

 

Pra mim, ao escolher onde ficar em Lima, parece furada se hospedar em qualquer um desses outros bairros se o objetivo é conhecer o Centro Histórico ou Miraflores. Mas pra quem tem objetivos diferentes talvez valha a pena olhar com mais carinho para essas outras possibilidades.

 

Lima pode não ser o sonho de consumo de todo viajante, mas de uma forma ou de outra acaba entrando no roteiro porque é a porta de entrada para o Peru.  Quem viaja ao Peru na maioria das vezes chega por Lima não por opção mas por obrigação. E talvez seja esse o motivo pelo qual as pessoas acabam se surpreendendo tanto com essa cidade.

 

Ainda tem alguma dúvida sobre onde ficar em Lima?! Deixe seu comentário que eu respondo todos 🙂

 

Aproveite e preencha o formulário abaixo para receber dicas de viagem e promoções exclusivas!

gostou? Compartilhe!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
No Comments

Post A Comment

Bruna e Nanda Bragatto

Somos duas irmãs completamente diferentes que possuímos em comum o desejo de viajar e compartilhamos nosso amor pelo mundo aqui no blog com dicas de viagem e outras coisinhas mais. Saiba mais sobre a gente!